Edivaldo volta à seleção boliviana para amistoso com Brasil

terça-feira, 2 de abril de 2013 16:07 BRT
 

LA PAZ, 2 Abr (Reuters) - O atacante Edivaldo Rojas, do time japonês Shonan Bellmare, foi convocado para a seleção boliviana que receberá o Brasil, no sábado, em um jogo amistoso para arrecadar fundos para a família de um torcedor boliviano morto em uma partida contra o Corinthians.

O amistoso, em que a seleção brasileira jogará apenas com atletas que atuam no país, acontecerá na cidade de Santa Cruz.

Edivaldo, como é conhecido, nasceu no Brasil de pai brasileiro e mãe boliviana e teve uma rápida passagem pela seleção boliviana na Copa América de 2011, quando estreou a cidadania boliviana, depois de jogar vários anos num clube de Portugal como jogador brasileiro antes de emigrar para o Japão.

Edivaldo é a principal novidade na convocação feita nesta terça-feira pelo técnico espanhol Xabier Azkargorta, que incluiu o atacante Marcelo Moreno, do Grêmio, mas excluiu o defensor e capitão Ronald Raldes, do Colón, da Argentina.

O amistoso foi acertado pelas federações de futebol de Bolívia e Brasil após a morte de um jovem torcedor do San José atingido por um sinalizador disparado pela torcida do Corinthians em jogo disputado em fevereiro pela Copa Libertadores.

Doze torcedores do Corinthians estão presos desde então na Bolívia à espera de julgamento como supostos responsáveis pelo lançamento do projétil.

Veja os atletas convocados:

Goleiros: Sergio Galarza e Hugo Suárez.

Defensores: Rony Jiménez, Diego Bejarano, Ronald Eguino, Edward Zenteno, Marvin Bejarano, Jair Torrico e Leandro Maygua.   Continuação...