Hamilton continua a surpreender com pole na China

sábado, 13 de abril de 2013 12:03 BRT
 

Por Alan Baldwin

XANGAI, 13 abr (Reuters) - A primeira pole position de Lewis Hamilton para a Mercedes, no Grande Prêmio da China, neste sábado permitiu ao campeão de 2008 reviver velhas lembranças e provar a seus críticos que estão errados mais uma vez.

O piloto de 27 anos mal podia sonhar com tamanha reviravolta quando trocou de equipe no ano passado, numa época em que o carro da Mercedes era considerado ligeiramente inferior ao ritmo ditado pela McLaren - com a qual ele encerrou a última temporada na pole no GP de Interlagos.

Em sua terceira corrida como piloto da Mercedes, Hamilton obteve a 27ª pole de sua carreira, e é grande a expectativa de um segundo pódio no ano, na esteira do terceiro lugar na Malásia no mês passado.

Foi como sua primeira, em 2007, disse ele. "Cada pole é especial à sua maneira. Sinto-me privilegiado pura e simplesmente por conseguir uma, ainda mais depois das muitas que tenho", afirmou ele a repórteres.

"Estar em uma nova equipe, e onde estamos hoje, parece um pouco com a primeira pole, e com sorte a primeira de muitas", acrescentou o britânico, que já venceu duas vezes na China.

"Estou satisfeito com esse sentimento, o entusiasmo que sinto quando estou no topo. Estou correndo há muitos anos já, e tive essa sensação algumas vezes. Mas é ótimo ainda ter essa energia, essa vibração quando tudo dá certo".

Hamilton estava indisposto em sua chegada a Xangai, sofrendo com uma alergia que o forçou a cancelar todos seus compromissos com a imprensa na quinta-feira.

Ele também tem penado para se acomodar em seu carro, e ainda está se adaptando ao modelo e às maneiras diferentes de fazer as coisas.

Nico Rosberg, seu companheiro de equipe e vencedor na China em 2012, liderou os tempos no primeiro treino livre na sexta-feira, e a Ferrari do brasileiro Felipe Massa foi a mais rápida no geral no dia.

"No caminho para cá, não esperávamos chegar tão longe, eu com certeza não esperava", disse Hamilton. "Então é um prazer e uma bênçãos para nós conseguir essa posição, mas ainda está tudo em jogo para amanhã". "Ainda temos muito trabalho para fazer no carro, mas os rapazes estão empenhados, dá para notar, e esse é um sentimento muito positivo".