Lewandowski minimiza quatro gols marcados contra Real

quinta-feira, 25 de abril de 2013 11:56 BRT
 

VARSÓVIA, 25 Abr (Reuters) - O atacante do Borussia Dortmund Robert Lewandowski minimizou a impressionante atuação contra o Real Madrid, dizendo que ele já jogou melhor do que na partida em que marcou quatro gols contra o time espanhol, na quarta-feira.

O polonês marcou todos os gols de sua equipe na vitória por 4 x 1 sobre o nove vezes campeão europeu Real Madrid, no jogo de ida pela semifinal da Liga dos Campeões.

"No segundo tempo, o Real Madrid não sabia como jogar, em alguns momentos eles estavam desamparados", disse Lewandowski à emissora de televisão paga polonesa nc+. "Demos o primeiro passo (para a final)."

"Eu me senti confiante, mas houve partidas ainda melhores. Minha eficiência foi de quase 100 por cento, mas houve partidas em que eu fiz mais pelo jogo", acrescentou o atacante, que dedicou os gols a seu falecido pai.

Especulações envolvem o futuro do jogador de 24 anos, que se recusou a assinar uma renovação de contrato para além de 2014 e manteve o silêncio sobre seus planos de futuro.

"Eu não tenho a sensação de que Robert está de saída, e não seremos nós a mandá-lo embora", disse o técnico do Dortmund, Juergen Klopp, a repórteres.

"Vamos esperar e ver o que acontece."

Dirigentes do Dortmund também estão otimistas em mantê-lo no clube. "Robert tem contrato até 2014 e não há nenhuma cláusula de saída como com Mario Goetze", disse o chefe do clube, Hans-Joachim Watzke, citando o jogador que decidiu trocar o clube pelo rival Bayern de Munique para a próxima temporada.

"É nosso desejo explícito mantê-lo até 2014. É por isso que estamos dizendo não a um valor para transferência."

(Reportagem de Adrian Krajewski)

 
Atacante do Borussia Dortmund Robert Lewandowski durante jogo contra o Real Madrid de ida pela semifinal da Liga dos Campeões, em Dortmund, Alemanha, 24 de abril de 2013. Lewandowski minimizou a impressionante atuação contra o Real Madrid, dizendo que ele já jogou melhor do que na partida em que marcou quatro gols contra o time espanhol, na quarta-feira. 14/04/2013 REUTERS/Kai Pfaffenbach