Suárez aceita suspensão de 10 jogos e pede desculpas por mordida

sexta-feira, 26 de abril de 2013 12:44 BRT
 

LONDRES, 26 Abr (Reuters) - O atacante do Liverpool Luis Suárez pediu desculpas e aceitou a suspensão de 10 jogos imposta pela Associação de Futebol inglesa (FA) por ter mordido o jogador do Chelsea Branislav Ivanovic durante partida do Campeonato Inglês no fim de semana.

Suárez aceitou a acusação por conduta violenta após morder Ivanovic no braço durante o empate em 2 x 2 no domingo em Anfield -- um incidente que não foi visto pelo árbitro da partida.

"Espero que as pessoas que eu ofendi no último domingo me concedam perdão, e novamente repito minha desculpa pessoal a Branislav", disse Suárez em sua conta no Twitter.

A FA disse em comunicado que "a suspensão tem efeito imediato e aplica-se às próximas 10 partidas da equipe principal do Liverpool".

A Comissão Reguladora Independente da FA, que se reuniu na quarta-feira, decidiu que a suspensão normal de três jogos para uma acusação de conduta violenta não seria suficiente, adicionando mais sete partidas.

O Liverpool ainda não comentou a decisão de Suárez de não apelar contra a suspensão der 10 jogos.

Essa é a segunda vez que Suárez, de 26 anos, foi punido por morder um adversário. Ele mordeu o jogador do PSV Eindhoven Otman Bakkal no pescoço quando jogava pelo Ajax em 2010, recebendo uma suspensão de sete jogos.

Suárez também foi suspenso por oito jogos na temporada passada depois de ser considerado culpado pela FA de ofender racialmente o jogador Patrice Eva, do Manchester United, em outubro de 2011.

(Por Martyn Herman)

 
Jogador uruguaio Luis Suárez reaje após perder uma chance de gol em partida válida pela primeira divisão da Liga Inglesa contra o West Bromwich Albion, em Liverpool, norte da Inglaterra. Suárez pediu desculpas e aceitou a suspensão de 10 jogos imposta pela Associação de Futebol inglesa (FA) por ter mordido o jogador do Chelsea Branislav Ivanovic durante partida do Campeonato Inglês no fim de semana. 22/04/2012. REUTERS/Phil Noble