Badminton-Malaio Lee quer outra chance de ouro olímpico no Rio

sábado, 27 de abril de 2013 12:56 BRT
 

Por Amlan e Chakraborty

NOVA DÉLHI, 27 Abr (Reuters) - O número um do mundo no badminton Lee Chong Wei terá outra chance de conquistar uma medalha de ouro nas Olimpíadas desde que permaneça livre de lesões, disse o atleta malaio no sábado.

Lee perdeu sua segunda final olímpica de badminton para seu grande rival, o chinês Lin Dan no ano passado e deu a entender que estaria se aposentando, mas seus olhos brilharam quando falou a respeito da possibilidade de tentar a sorte pela terceira vez.

"Sim, o ouro olímpico é meu sonho. Eu dei meu melhor e duas vezes perdi a final," disse Lee, 30 anos, a repórteres após chegar à final do torneio India Open super series.

"Eu vou tentar mais uma vez em 2016 (Olimpíadas do Rio de Janeiro) se eu ficar livre de lesões," disse ele quando perguntado por quanto tempo espera continuar jogando.

"Eu espero ver como estarão minhas condições no ano que vem, após os Jogos da Comunidade (Commonwealth Games) e os Jogos Asiáticos. Se eu estiver sem lesões, (eu jogarei) até 2016, mais uma olimpíada."

"Ano que vem teremos um monte de competições - Jogos da Comunidade, Jogos Asiáticos, Campeonato Mundial e Thomas Cup na Índia. Espero que eu possa manter meus resultados e não sofrer contusões porque é muito difícil se recuperar e voltar à quadra."

Lee carrega o peso de uma nação que nunca conquistou um ouro olímpico mas acha que haverá menos pressão sobre seus ombros no Rio.

"A Malásia nunca ganhou um ouro em Olimpíadas. Eu lutei muito mas perdi a final no ano passador," disse ele. "Eu posso ficar calmo em 2016 porque consegui a prata duas vezes. Deverá haver menos pressão em 2016."