Atleta russa Pishchalnikova é banida por 10 anos por doping

terça-feira, 30 de abril de 2013 14:34 BRT
 

Por Gennady Fyodorov

MOSCOU, 30 Abr (Reuters) - A medalhista de prata olímpica no arremesso de disco Darya Pishchalnikova foi banida por 10 anos por doping, depois de não ter passado em um exame de drogas pela segunda vez, informou a Federação de Atletismo da Rússia (VFLA) nesta terça-feira.

A amostra retirada de Pishchalnikova em maio do ano passado foi novamente testada e resultou positivo para o esteróide anabolizante oxandrolona, disse a VFLA em seu site (www.rusathletics.com).

A VFLA anulou todos os resultados de Pishchalnikova desde 20 de maio de 2012, o que significa que ela deve perder a medalha olímpica de Londres.

A russa já cumpriu uma proibição por doping de julho de 2008 a abril de 2011.

A atleta de 27 anos estava entre as sete principais atletas russas mulheres culpadas de manipular amostras de drogas antes dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

Ela ganhou a prata no Campeonato Mundial de 2007 em Osaka, no Japão, mas teve a medalha retirada depois que a Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) anulou todos os seus resultados a partir de maio daquele ano.

Em um caso separado, a campeã europeia dos 800 metros Yelena Arzhakova foi banida por dois anos, a partir de 29 de janeiro de 2013, por mostrar um "perfil de hemoglobinas anormais no seu passaporte biológico", anunciou a VFLA.