Goleiro de time sueco é achado morto aos 32 anos

quinta-feira, 2 de maio de 2013 12:13 BRT
 

Por Philip O'Connor

ESTOCOLMO, 2 Mai (Reuters) - Jogadores e dirigentes do clube sueco AIK ficaram em choque nesta quinta-feira ao saberem da morte do goleiro Ivan Turina, aos 32 anos, aparentemente por causas naturais.

O clube disse que o croata Turina morreu dormindo, na noite de quarta para quinta-feira, e que não há suspeita de crime.

Pai de filhos gêmeos de um ano, o goleiro tinha um problema cardíaco congênito, que ele informou ao clube quando da sua contratação, em 2010. O clube disse que, exceto por isso, ele gozava de boa saúde.

O atacante Henok Goitom, vizinho de Turina, disse a jornalistas que foi chamado pela família. "A mãe da mulher dele tocava histericamente a minha campainha", relatou.

"Ontem foi um dia normal, hoje Ivan está morto. É um choque. A torcida do AIK o adorava. É um tapa na cara de todos, mas estamos unidos como grupo, e estamos tentando ajudar todos no AIK e na família dele."

A mulher de Turina está esperando o terceiro filho do casal.

Um altar improvisado, com flores e cachecóis deixados por torcedores, foi montado no campo de treinamentos do clube. Não ficou claro se o jogo de segunda-feira do AIK contra o IFK Gotemburgo será mantido.

 
Foto de arquivo do goleiro Ivan Turina, do time sueco AIK, durante sessão de treinamento. A foto de setembro de 2011 foi fornecida pela Scanpix Sweden. Jogadores e dirigentes do AIK ficaram em choque nesta quinta-feira ao saberem da morte do goleiro Ivan Turina, aos 32 anos, aparentemente por causas naturais. 2/05/2013. REUTERS/Tomas Oneborg/Scanpix Sweden/Files