May 8, 2013 / 2:23 PM / in 4 years

Fifa está "preocupada" com atraso no estádio de São Paulo

3 Min, DE LEITURA

Operários trabalham na construção do novo estádio do Corinthians, em preparação para receber jogos da Copa do Mundo de 2014, no bairro de Itaquera, em São Paulo. A Fifa manifestou preocupação com relatos de que o estádio de São Paulo não será concluído dentro do prazo até dezembro, em mais uma cobrança da entidade para que o Brasil acelere o ritmo dos preparativos para o torneio. 27/03/2013. 27/03/2013.Nacho Doce

8 Mai (Reuters) - A Fifa manifestou preocupação com relatos de que o estádio de São Paulo para a Copa do Mundo de 2014 não será concluído dentro do prazo até dezembro, em mais uma cobrança da entidade para que o Brasil acelere o ritmo dos preparativos para o torneio.

A Fifa, que autorizou que quatro dos seis estádios da Copa das Confederações deste ano fossem entregues depois do prazo em consequência dos atrasos nas obras, disse que não vai ceder no que se refere à Copa do Mundo.

"A Fifa está preocupada com certeza, pois é vital que o prazo final, de dezembro de 2013, seja mantido", afirmou a entidade máxima do futebol mundial em comunicado.

"As cidades-sede, o governo federal e os donos dos estádios comprometeram-se com esta data e reconheceram que para a Copa do Mundo da Fifa não podem ser feitas concessões, para evitar pôr em perigo a realização bem-sucedida do principal evento do futebol", acrescentou.

"Isso é crucial não só para a Fifa, mas para toda a nação anfitriã."

A Fifa exige que os seis estádios que não serão utilizados na Copa das Confederações, que acontece em junho, estejam prontos em dezembro, a tempo de serem testados antes do Mundial. As arenas estão em: São Paulo, Manaus, Cuiabá, Natal, Porto Alegre e Curitiba.

O estádio de São Paulo, de propriedade do Corinthians, enfrenta problemas com a liberação de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e de incentivos fiscais da Prefeitura de São Paulo, o que pode causar atraso nas obras, segundo o responsável do clube pelo estádio, Andrés Sanchez.

De acordo com os responsáveis pela obra, será possível concluir a arena dentro do prazo com 48 mil lugares, mas sem a estrutura temporária necessária para a realização do jogo de abertura, que elevaria a capacidade para 68 mil.

"As equipes técnicas da Fifa e do Comitê Organizador Local reforçaram o controle rigoroso em todas os seis estádios restantes da Copa do Mundo, não apenas limitado a São Paulo", acrescentou a Fifa.

A Fifa estabeleceu dezembro de 2012 como prazo de conclusão para os seis estádios da Copa das Confederações, mas permitiu que as arenas de Brasília, Salvador, Recife e Rio de Janeiro fossem entregues depois do prazo. Somente Fortaleza e Belo Horizonte cumpriram o prazo.

O Maracanã foi inaugurado com uma partida de exibição há 10 dias, mas com apenas um terço da capacidade da arquibancada, somente duas entradas funcionando e um verdadeiro canteiro de obras em parte do lado de fora. Um evento-teste marcado para 15 de maio foi cancelado nesta semana.

O estádio do Recife deve receber um primeiro evento-teste no dia 14 de maio, e o estádio de Brasília será inaugurado quatro dias depois.

Reportagem de Brian Homewood, em Berna

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below