Não penso em pedir demissão, diz chefão da McLaren

sábado, 11 de maio de 2013 15:11 BRT
 

Por Alan Baldwin

BARCELONA, 11 Mai (Reuters) - O chefe da equipe McLaren, Martin Whitmarsh, deixou claro neste sábado que não está prestes a pedir demissão devido à má fase da equipe no começo desta temporada e à ausência de reação nos treinos para o Grande Prêmio da Espanha.

Com Jenson Button e Sergio Pérez ainda lentos no treino classificatório, apesar de uma tentativa mal-sucedida de levar novos componentes do carro para a pista durante a noite, Whitmarsh foi questionado se considera a hipótese de pedir demissão e se seu cargo foi discutido internamente.

"Não, eu não acredito que isso está sendo considerado na diretoria neste momento, pelo que sei", respondeu.

"Eu acredito na equipe, eu acredito que vamos superar isso. Então não, não estou considerando qualquer coisa que não seja levar esta equipe de volta a onde ela pertence", afirmou.

"Estou no esporte há muito tempo. Eu acho que já passei por dificuldades, momentos ruins, mas também por bons momentos. Tenho certeza de que vamos vencer algumas provas e vamos trabalhar duro para conseguir isso neste ano".

 
O chefe da McLaren, Martin Whitmarsh, repousa em Noida, Índia. Whitmarsh deixou claro neste sábado que não está prestes a pedir demissão devido à má fase da equipe no começo desta temporada e à ausência de reação nos treinos para o Grande Prêmio da Espanha. 27/10/2012 REUTERS/Greg Baker/Pool