Polêmico árbitro chileno estará na Copa das Confederações

segunda-feira, 13 de maio de 2013 17:42 BRT
 

BERNA, 13 Mai (Reuters) - O polêmico árbitro chileno Enrique Osses, amplamente criticado por não ter expulsado um jogador que ele advertiu duas vezes com cartão amarelo em uma partida em fevereiro, foi selecionado para apitar na Copa das Confederações, enquanto a arbitragem brasileira não terá representantes no torneio.

O árbitro de El Salvador Joel Aguilar, que, juntamente com o delegado da partida, permitiu que um confronto das eliminatórias da Copa do Mundo de 2014 prosseguisse, apesar de uma forte neve em março, também foi escolhido entre os 10 árbitros, nomeados pela Fifa nesta segunda-feira.

Osses, famoso no Chile pelo uso frequente de cartões vermelhos, esteve envolvido em polêmica na partida da Copa Libertadores entre Nacional, do Uruguai, e Barcelona, do Equador, em Montevidéu.

Ele mostrou ao defensor do Nacional Alejandro Lembo o segundo cartão amarelo aos 32 minutos do segundo tempo, mas não deu o vermelho, e o jogador, que tinha começado a andar para fora do campo, mudou de ideia e permaneceu no gramado.

Osses finalmente mostrou o cartão vermelho a Lembo cinco minutos depois. O Barcelona ficou furioso e também reclamou de um pênalti não marcado nos acréscimos. Seu desempenho foi muito criticado nos dois países.

Em 2005, Osses foi atacado pelo goleiro da Unión Española Ignacio González, que foi suspenso por 22 jogos.

Três anos mais tarde, ele expulsou três jogadores do Universidad Catolica durante um caloroso clássico em Santiago contra o Colo Colo, que venceu por 3 x 1.

Outra atuação polêmica aconteceu na partida de volta do torneio Apertura, há dois anos, quando ele deu dois pênaltis para o Universidad de Chile em sua vitória por 4 x 1 sobre o Universidad Católica.

A Copa das Confederações, a ser realizada no Brasil em junho com oito seleções, é um evento-teste para a Copa do Mundo do ano seguinte, que também ocorrerá no Brasil.   Continuação...