May 15, 2013 / 11:04 PM / 4 years ago

Fifa acerta entrega de estádio de São Paulo para dezembro

3 Min, DE LEITURA

RIO DE JANEIRO, 15 Mai (Reuters) - O estádio de São Paulo é fundamental para a realização da Copa do Mundo de 2014 e será entregue dentro do prazo, afirmou o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, nesta quarta-feira, em meio a uma polêmica sobre o prazo de conclusão das obras na arena de abertura do Mundial.

Valcke disse, em visita do Maracanã, que uma Copa sem São Paulo "está fora de questão", um dia depois de cobrar o estádio pronto em dezembro e de afirmar que poderia trocar qualquer cidade do Mundial antes do começo da venda de ingressos, o que provocou uma resposta dura do Corinthians, dono do estádio.

No entanto, depois de reunião no Rio de Janeiro com o Comitê Organizador Local (COL) do Mundial, o CEO e presidente da construtora Odebrecht, Benedicto B. da Silva, e o representante do Corinthians para o estádio, Andrés Sanchez, Valcke anunciou que haviam chegado a um acerto sobre a data de entrega da arena.

"São Paulo será um exemplo às outras cidades para entregar o estádio no prazo, em 31 de dezembro. A conversa com o Corinthians foi muito proveitosa já que nós dois entendemos que temos o mesmo objetivo, que é ter o estádio pronto", disse Valcke em nota.

O clube paulista disse na terça-feira que o próprio Valcke tinha dado prazo para São Paulo até fevereiro, e que se a Fifa entendesse que deveria tirar a partida de abertura do Mundial da cidade, que ficasse "à vontade".

"Houve um mal entendido, mas São Paulo e o Corinthians estão conscientes de sua responsabilidade... O calendário acordado com a Fifa será respeitado", afirmou Sanchez.

Valcke está no país para vistoriar os preparativos do Mundial do ano que vem e da Copa das Confederações em junho deste ano e nesta quarta-feira comandou uma visita técnica da Fifa e do COL ao Maracanã, palco da final das duas competições.

Valcke voltou a afirmar que todas as sedes dos jogos da Copa do Mundo devem estar concluídas até o final de 2013, no que recebeu o apoio do ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

"Temos confiança de que todos os estádios podem e devem ser entregues em dezembro", disse Aldo. "O estádio de Itaquera está dentro do calendário", acrescentou.

O estádio de São Paulo, escolhido para abrir o Mundial, tem 76 por cento das obras concluídas, segundo o Corinthians. O clube afirma que a Fifa deu um prazo maior para o estádio ser entregue, pois as obras começaram quase um ano depois dos demais estádios.

A arena do Corinthians enfrenta problemas com a liberação de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e de incentivos fiscais da Prefeitura de São Paulo.

A Fifa autorizou que quatro dos seis estádios da Copa das Confederações deste ano fossem entregues depois do prazo em consequência dos atrasos nas obras, mas tem reforçado que não vai ceder no que se refere à Copa do Mundo.

Por Felipe Pontes, com reportagem de Tatiana Ramil em São Paulo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below