Fifa vende 76% dos ingressos da Copa das Confederações

quinta-feira, 16 de maio de 2013 17:42 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 16 Mai (Reuters) - A Fifa vendeu cerca de 640 mil ingressos para a Copa das Confederações do próximo mês, pouco mais de 76 por cento do total, e a federação tem a meta de superar no Brasil os 83 por cento vendidos em 2005 na Alemanha quando a venda for retomada em 1o de junho, informou nesta quinta-feira o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke.

Entre os jogos ainda com ingressos à venda está a partida de decisão do 3o lugar, que será disputada em Salvador no dia 30 de junho.

"A resposta do torcedor brasileiro à Copa das Confederações é única, é um dos maiores sucessos das Copas das Confederações já organizadas até hoje", disse Valcke em entrevista coletiva no Rio de Janeiro, no encerramento da visita ao país para vistoriar os preparativos para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo de 2014.

"Estamos em 76 por cento e a meta percentualmente é conseguirmos ao menos 83 por cento de ingressos vendidos, que foi o número de 2005."

Valcke, que foi um duro crítico da preparação brasileira ao longo dos últimos anos devido aos atrasos nas obras, disse que o Brasil cumpriu o previsto ao entregar seis estádios para a Copa das Confederações, mas ressaltou que falta bastante trabalho a fazer nos últimos 30 dias até a abertura do evento.

Somente Belo Horizonte e Fortaleza conseguiram cumprir o prazo original e entregar seus estádios em dezembro de 2012, enquanto Salvador e Rio de Janeiro inauguraram suas arenas em abril. Brasília e Recife o farão na próxima semana.

"Temos bastante coisa a fazer quando estamos tão perto do evento... mas todos nós temos a confiança que podemos fazer tudo o que precisa ser feito antes da Copa das Confederações para termos um grande evento no Brasil em junho", disse.

O ex-jogador Ronaldo, membro do conselho do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo, pediu que o foco agora se volte para dentro das quatro linhas, após inúmeras polêmicas envolvendo a preparação do país para a Copa das Confederações, principalmente devido aos atrasos.

"Estamos a 30 dias da Copa das Confederações e acho que já não há ninguém que não acredite que não teremos os estádios. Já é uma certeza que vamos ter os estádios, portanto, o que temos a fazer é mudar o foco completamente", disse.

"Vamos passar a falar dos jogadores que virão ao Brasil... É hora de falar realmente de competição."

(Por Pedro Fonseca)

 
Secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, é visto ao lado do ex-jogador Ronaldo, durante uma coletiva de imprensa no estádio Mane Garrincha em Brasilia. A Fifa vendeu cerca de 640 mil ingressos para a Copa das Confederações do próximo mês, pouco mais de 76 por cento do total, e a federação tem a meta de superar no Brasil os 83 por cento vendidos em 2005 na Alemanha quando a venda for retomada em 1o de junho, informou Valcke nesta quinta-feira. 14/05/2013 REUTERS/Ueslei Marcelino