PERFIL-David Beckham, aposentado do futebol aos 38 anos

quinta-feira, 16 de maio de 2013 18:34 BRT
 

Por Mitch Phillips

LONDRES, 16 Mai (Reuters) - David Beckham anunciou sua aposentadoria aos 38 anos, quatro anos depois de ser convocado pela 115ª e última vez para a seleção inglesa, mas provavelmente deu uma olhada na mais recente lista do treinador Roy Hdogson, permanecendo orgulhosa e desafiadoramente "disponível para convocação" até o final.

No final da sua reluzente carreira, Beckham era mais lembrado como uma celebridade e como um jogador pulando de clube em clube, mas continuou sendo uma figura imensamente popular no seu país, entre todas as torcidas.

A razão fundamental é que, apesar de toda a marquetagem que acompanha cada movimento seu, ele adorava jogar futebol, e adorava acima de tudo jogar pela Inglaterra.

"Quero que as pessoas me vejam como um futebolista trabalhador, alguém apaixonado pelo esporte, toda vez que eu pisei num gramado dei tudo de mim", afirmou ele ao anunciar sua aposentadoria, na quinta-feira.

"No final da minha carreira, é assim que olho para trás e espero que as pessoas me vejam."

Há três anos, o então técnico da Inglaterra, Fabio Capello, considerou que Beckham, aos 35, estava "provavelmente um pouco velho demais" para jogos de seleção. Mas o meia não deu o braço a torcer. "Nunca vou me aposentar da seleção", afirmou. "Se eu nunca mais for convocado ou se eu for convocado para mais um jogo ou para mais dez jogos, estarei disponível."

Mesmo no ocaso da sua carreira, o anúncio da sua entrada em campo pelos alto-falantes de Wembley causava comoção. Foi assim no derradeiro jogo pela seleção, quando faltavam 32 minutos para o final do confronto contra Belarus pelas eliminatórias da Eurocopa-2010.

Mas a relação nem sempre foi harmoniosa.   Continuação...