Beckham vai jogar no sábado; Ancelotti não garante permanência no PSG

sexta-feira, 17 de maio de 2013 11:44 BRT
 

PARIS, 17 Mai (Reuters) - David Beckham, que anunciou na quinta-feira que vai se aposentar ao final da temporada, será escalado para a partida do campeão francês, Paris St Germain, contra o Stade Brest no sábado, disse o técnico Carlo Ancelotti nesta sexta.

"Ele vai jogar", disse o italiano Ancelotti, que rejeitou perguntas sobre seu próprio futuro no clube, em entrevista coletiva.

Beckham, de 38 anos, anunciou que vai deixar o futebol depois de uma curta passagem pelo PSG. A notícia resultou numa avalanche de homenagens ao ex-capitão da seleção da Inglaterra, e Ancelotti se juntou ao coro.

"Ele ama o trabalho dele, é um jogador muito humilde, essas são as melhores qualidades que vi em seu caráter", disse. "Ele tinha qualidades fantásticas de passe, ele foi um dos melhores do mundo nesse quesito."

Essa será a 10a participação de Beckham no Campeonato Francês nesta temporada, desde que se juntou o PSG no final de janeiro.

Mais cedo nesta sexta-feira, o presidente do clube, Nasser Al-Khelaifi, reiterou seu desejo de estender a permanência de Beckham em Paris, mesmo do lado de fora das quatro linhas.

"Eu o encontrei ontem, ele acredita no projeto do PSG", disse Al-Khelaifi em entrevista coletiva. "Ele aproveitou os últimos seis meses, temos tempo para discutir, vamos discutir pelas próximas duas semanas e esperamos anunciar um acordo conjunto."

Ancelotti, cujo contrato vai até junho do próximo ano, respondeu que não sabe quando vai anunciar sua decisão sobre continuar ou não no clube na próxima temporada. Nesta semana, Al-Khelaifi disse à Reuters que havia recusado uma abordagem do Real Madrid para contratar Ancelotti.

O PSG conquistou no domingo seu primeiro título do Campeonato Francês desde 1994, após uma vitória por 1 x 0 fora de casa contra o Olympique de Lyon.

(Reportagem de Julien Pretot)

 
Ibrahimovic e Beckham, do Paris Saint Germain, comemoram no final da partida contra o Olympique Lyon pelo campeonato francês no estádio Gerland, em Lyon. 12/05/2013 REUTERS/Robert Pratta