Beckham negocia com liga dos EUA para ser dono de time de futebol

sexta-feira, 17 de maio de 2013 19:23 BRT
 

MIAMI, 17 Mai (Reuters) - David Beckham pode voltar aos Estados Unidos como dono de um time de futebol e pessoas ligadas a ele já estão negociando com a Major League Soccer, a liga de futebol do país.

Beckham anunciou sua aposentadoria dos gramados na quinta-feira e tem falado pouco sobre seus planos para o futuro após o término da temporada em seu clube atual, o Paris St. Germain.

O contrato assinado pelo ex-jogador e capitão da seleção da Inglaterra com a MLS, firmado quando ele se juntou ao Los Angeles Galaxy em 2007, inclui a opção de adquirir uma "franquia de expansão".

Pessoas que aconselham Beckham, entre as quais a equipe que gerencia sua carreira, discutiram com a liga norte-americana possíveis locais de um novo time.

"Houve discussões com os conselheiros dele, com sua equipe de gerenciamento, discussões preliminares", disse o vice-presidente-executivo de Comunicações da Major League Soccer, Dan Courtemanche, à Reuters nesta sexta-feira.

A MLS tem atualmente 19 times e gostaria de acrescentar um vigésimo em Nova York e especula-se que o proprietário do Manchester City, o Xeque Mansour, de Abu Dhabim, seria o provável comprador deste time.

A opção contratual de Beckham, que lhe permitiria criar uma nova franquia por uma taxa que seria de 25 milhões de dólares, bem abaixo das taxas atuais para a expansão da liga, descarta explicitamente a possibilidade de ele assumir um clube em Nova York.

Embora Beckham sempre tenha indicado sua intenção de exercer a opção, um porta-voz do atleta disse à Reuters que "ainda é cedo" para tratar de qualquer plano pós-aposentadoria do jogador.

(Reportagem de Simon Evans)

 
David Beckham, do Paris St Germain, reage durante partida em Paris, França. Beckham pode voltar aos Estados Unidos como dono de um time de futebol e pessoas ligadas a ele já estão negociando com a Major League Soccer, a liga de futebol do país. 2/04/2013 REUTERS/Gonzalo Fuentes