Técnico do United elogia "incrível" longevidade de Beckham

sábado, 18 de maio de 2013 11:20 BRT
 

WELLINGTON (Reuters) - A longevidade de David Beckham e sua habilidade de se reinventar são "absolutamente incríveis", disse Alex Ferguson, técnico do Manchester United que está prestes a se aposentar.

Beckham e Ferguson, verdadeiros ícones do United até o ex-capitão da seleção inglesa ir para o Real Madrid, anunciaram nos últimos dez dias que irão se aposentar do futebol ao final da atual temporada. O último jogo de Ferguson, de 71 anos, a cargo do United será no domingo, e Beckham se aposenta como jogador aos 38 anos após a partida do Paris St Germain contra o Loriente em 26 de maio para decidir o título do Campeonato Francês.

"Você fala sobre longevidade e sobre se reinventar, foi absolutamente incrível", disse Ferguson à rede BBC na sexta-feira. "Quando ele foi para os EUA, não havia uma pessoa aqui que realmente achava que ele teria uma carreira lá", acrescentou ele a respeito da ida de Beckham para o LA Galaxy em 2007.

"Mesmo assim, ele foi adiante e ainda jogou pelo seu país, jogou no Milan e no PSG em disputas europeias, e acho que ninguém poderia ter imaginado isso".

"Ele tinha uma resistência inacreditável... podia correr o dia todo, e isso lhe permitiu se manter em atuação naquele nível, jogando por seu país com mais de 30 anos."

Beckham foi para o Manchester United aos 11 anos e jogou no clube durante 11 anos sob o comando de Ferguson, conquistando seis títulos ingleses e a Liga dos Campeões em uma carreira de muitos troféus.

O meio-campista, que descreveu Ferguson como uma figura paterna, teve um desentendimento com o treinador em 2003, quando, após uma derrota, Ferguson chutou uma bota no vestiário que atingiu Beckham no rosto. No final daquele ano, Beckham se mudou para o Real Madrid.

"Acho que ele escolheu o momento certo (para se aposentar)", acrescentou Ferguson. "Ele conquistou mais um campeonato com o PSG e é exatamente como eu, tem muitas coisas para fazer."

"Ele é uma pessoa incrível".