19 de Maio de 2013 / às 15:20 / 4 anos atrás

Vitória do PSG tem lágrimas de Beckham e celebrações de Ibrahimovic

Jogador do Paris Saint-Germain David Beckham chora ao ser substituído ao 36 minutos do segundo tempo, no estádio Parc des Princes, em Paris. Zlatan Ibrahimovic marcou duas vezes na despedida emocionante de David Beckham. Campeão do Campeonato Francês, o Paris Saint Germain venceu o Stade Brest por 3 x 1 em uma noite memorável de sábado. 18/05/2013.Gonzalo Fuentes

Por Julien Pretot

PARIS, 19 Mai (Reuters) - Zlatan Ibrahimovic marcou duas vezes na despedida emocionante de David Beckham no Parque dos Príncipes. Campeão do Campeonato Francês, o Paris Saint Germain venceu o Stade Brest por 3 x 1 em uma noite memorável de sábado.

O sueco Ibrahimovic chegou a 29 gols na temporada, a melhor marca da carreira.

O ex-atacante da França, Jean-Pierre Papin, foi o último jogador a marcar 30 gols na Ligue 1 em uma temporada, pelo Olympique de Marselha, em 1989-90.

Ex-capitão da seleção inglesa, Beckham, que vai se aposentar ao fim da temporada, chorou quando foi substituído por Ezequiel Lavezzi aos 36 minutos do segundo tempo.

Beckham foi nomeado capitão contra o Brest e foi abraçado pelos companheiros de equipe ao deixar o gramado sob gritos da torcida após dar assistência para o gol de Blaise Matuidi, o segundo do PSG.

Foi a décima partida do ex-jogador do Manchester United pelo clube de Paris. A presença dele ainda não está confirmada no último jogo da temporada, contra o Lorient, no próximo final de semana.

Beckham foi o penúltimo jogador a chegar ao centro do gramado, onde os jogadores e a equipe técnica receberam o troféu de campeão.

A música "Hello, Goodbye", dos Beatles, tocou no sistema de som enquanto era mostrado um filme com os melhores momentos do jogador no clube. Beckham subiu ao pódio com uma bandeira de St George enrolada nos ombros.

"Eu quero agradecer todo mundo de Paris, meus companheiros, a equipe técnica e os torcedores", disse o ex-jogador de 38 anos do Real Madrid e do Los Angeles Galaxy. "Encerrar minha carreira aqui não poderia ser mais especial".

"Quero aproveitar a minha família agora. Tenho todas os presentes que eu quero, então sou muito, muito feliz. Merci Paris. Estou muito triste de sair daqui, mas obrigado".

Na segunda-feira, a festa do título nas ruas de Paris teve 30 pessoas machucadas em confrontos entre a polícia e os torcedores no oeste da capital francesa, mas a atmosfera era boa contra o rebaixado Brest.

NANCY CAI

Enquanto isso, o penúltimo colocado Nancy foi rebaixado depois de perder por 2 x 1, em casa, para o Bastia, e ficar a cinco pontos do primeiro time acima da zona de rebaixamento.

As emoções também estavam exaltadas em Montpellier. O treinador René Girard, que levou o time ao primeiro título da Ligue 1 na última temporada, disse adeus aos torcedores. Ele já havia anunciado a intenção de sair.

O oitavo colocado Montpellier empatou por 0 x 0 contra o Lille, que está em quinto lugar e ainda tem esperança de jogar a Liga dos Campeões na próxima temporada.

Com 61 pontos, o Lille está a dois pontos do terceiro colocado Olympique Lyon.

O Lyon, cuja visita ao sexto colocado Nice foi adiada por 24 horas para este domingo devido à forte chuva, tem um ponto de vantagem para o St Etienne. Les Verts venceu o Olympique de Marselha por 2 x 0.

O Marselha está a 10 pontos do PSG e assegurou a segunda colocação. Os dois primeiros se classificam para a Liga dos Campeões, enquanto o terceiro time passa por uma fase preliminar.

A maioria dos jogadores do PSG pintou o cabelo de vermelho e azul e começou a partida de forma brilhante contra o Brest, aos olhos de uma multidão de 44.983 pessoas, que incluía a mulher de Beckham, Victoria, e a mãe Sandra.

Ibrahimovic colocou o time de Carlo Ancelotti à frente aos 5 minutos com um chute cruzado, completando um passe em profundidade de Clément Chantôme.

Matuidi voleou o escanteio de Beckham, e Ibrahimovic fez 3 x 0 com uma esplêndida cobrança de falta, aos 36 minutos.

Charlison Benschop descontou para o Brest a nove minutos do fim.

Beckham foi contratado pelo PSG em janeiro e, apesar de ter contribuído pouco com o título da equipe, foi elogiado por ter sido um grande profissional e um amigável companheiro de equipe.

"Foi muito emocionante por causa da carreira dele e a experiência que ele nos trouxe", disse o zagueiro francês Mamadou Sakho.

"Ele trouxe sua vivacidade e simplicidade. Ele é muito humilde".

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below