May 19, 2013 / 5:00 PM / 4 years ago

Nadal vence Federer e conquista o sexto título do ano

3 Min, DE LEITURA

Tenista espanhol Rafael Nadal morde o troféu após vencer a final contra o suiço Roger Federer, tornando-se campeão do torneiro Masters de Roma. Nadal não precisou de muito esforço para vencer o seu grande rival por 2 a 0, com parciais de 6-1 e 6-3, e conquistar o sexto título do ano. 10/05/2013.Alessandro Bianchi

Por Eric Salliot

ROMA, 19 Mai (Reuters) - Rafael Nadal não precisou de muito esforço para vencer o seu grande rival Roger Federer na final do Masters de Roma por 2 a 0, com parciais de 6-1 e 6-3, e conquistar o sexto título do ano.

A torcida que ficou sentada ao sol no Foro Italico de Roma assistiu à vitória de Nadal no saibro em uma hora e nove minutos.

O espanhol, de volta à melhor forma após um longo período afastado por lesão, passou menos tempo em quadra que Serena Williams. Ela venceu o quarto torneio consecutivo ao superar a ex-número 1 do mundo Victoria Azarenka, também por 6-1 e 6-3, na edição feminina do torneio, neste domingo.

Nadal, quinto cabeça de chave, dominou o primeiro set, chegou a vencer 20 dos últimos 25 pontos em certo momento da partida e viu o suíço produzir uma série de erros não forçados.

Federer melhorou no segundo set e venceu um game após nove perdidos consecutivamente para chegar a 1-3, mas Nadal não tirou o pé do acelerador. Apesar de ter sido quebrado ao sacar para o título em 5-1, venceu a 36ª partida em 38 nesta temporada.

"É um dia muito importante, muito feliz, depois de muitas dificuldades ano passado", disse Nadal, em italiano, durante a entrega do troféu.

"É muito emocionante vencer um torneio com tanta história quanto este de Roma. Espero vê-los ano que vem".

Onze vezes campeão de Grand Slam, Nadal ficou sete meses afastado por causa de uma lesão no joelho e está muito feliz por ter voltado à boa forma.

"Estou apenas aproveitando o momento e o valorizando mais do que nunca, porque eu sei onde estava há alguns meses", disse. "Estar aqui alguns meses depois, com tudo que conquistei, é realmente mais do que eu sonhei".

A americana Williams, que não perde desde a final de Doha, para a própria Azarenka, em fevereiro, não deu chances à adversária na final feminina.

Principal favorita ao título, Williams, 31, acertou nove aces e 41 bolas vencedoras em dois sets, precisando de apenas 93 minutos para vencer.

O título, 11 anos depois da única vez que foi campeã em Roma, é mais um na sequência de troféus que tem Miami, Charleston e Madrid, e deve deixá-la confiante para o Aberto da França, que começa no próximo final de semana.

"Não foi fácil, nada nunca é fácil", disse Williams. "Ano passado, eu estava me sentindo excelente no saibro, mas não fui muito bem em Roland Garros. Este ano, estou cautelosa e quero trabalhar duro e me manter concentrada em vencer cada ponto que eu jogar. Não vou relaxar".

Williams admitiu, porém, que vai fazer uma concessão: um sorvete italiano. "Era isso que eu estava esperando", disse. "Vou comprar um de pistache. É o único que eu vou comer".

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below