Inter agora cogita demitir técnico Stramaccioni

terça-feira, 21 de maio de 2013 11:48 BRT
 

21 Mai (Reuters) - O presidente da Inter de Milão, Massimo Moratti, recuou na terça-feira da sua promessa de manter Andrea Stramaccioni, e disse estar "refletindo" sobre o que será melhor para o clube.

"Não gosto de dizer que é o fim de uma era, mas vamos dar uma nova olhada nos fatos recentes", disse Moratti a jornalistas. "Se eu mudei de ideia a respeito do treinador? Não é que eu tenha mudado de ideia, mas estamos refletindo para podermos entender o que é melhor para a Inter."

A Inter teve uma temporada conturbada, terminando o Campeonato Italiano em nono lugar depois de perder 16 das 38 partidas. Pela primeira vez desde 1999, a equipe não se qualificou para torneios europeus.

Stramaccioni assumiu o cargo em março de 2012. Lidando com um elenco assolado por lesões, ele acabou sendo inicialmente "inocentado" pela diretoria pelo mau desempenho --mas a derrota por 5 x 2 para a Udinese, em casa, tornou precária a situação do treinador, de 37 anos.

"Por um lado há o talento de Stramaccioni, um cara que definitivamente vai ter sucesso na função; por outro, temos a atual situação. Estou pensando em qual é a melhor escolha", disse o presidente, que afirmou não ter ainda conversado com o técnico.

A imprensa italiana especula que a Inter irá contratar Walter Mazzarri, que deixou o Napoli no domingo, após levar a equipe ao vice-campeonato.

"Mazzarri? Todos os técnicos são bons, mas aí eles precisam trabalhar na Inter, que é uma coisa diferente", disse Moratti.

 
Técnico da Inter de Milão Andrea Stramaccioni gesticula durante partida contra o Parma, no estádio de San Siro, em Milão. O presidente da Inter de Milão, Massimo Moratti, recuou na terça-feira da sua promessa de manter Andrea Stramaccioni, e disse estar "refletindo" sobre o que será melhor para o clube. 21/04/2013 REUTERS/Alessandro Garofalo