Chefe da federação de remo vai concorrer à presidência do COI

sexta-feira, 24 de maio de 2013 13:29 BRT
 

Por Karolos Grohmann

LONDRES, 24 Mai (Reuters) - O chefe da Federação Internacional de Remo (Fisa), Denis Oswald, tornou-se o quinto candidato à presidência do Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta sexta-feira, citando sua longa experiência como administrador esportivo como ponto forte de sua candidatura.

O suíço Oswald, membro do COI desde 1991 e integrante do poderoso comitê executivo da entidade por 12 anos até 2012, junta-se à disputa que já inclui o alemão Thomas Bach, o banqueiro portorriquenho Richard Carrion, o presidente da Associação Internacional de Boxe Amador (Aiba), CK Wu, de Taiwan, e Ng Ser Miang, de Cingapura.

"Mais de 40 anos de serviço ao movimento olímpico me proporcionaram uma compreensão abrangente da organização e do movimento, bem como de seu papel e importância no mundo em geral", disse ele em um comunicado.

"Esse conhecimento e experiência, juntamente com as habilidades que me são reconhecidas, me permitirão avançar a causa olímpica e a autoridade do COI como líder dos esportes mundiais."

O COI vai eleger um sucessor para o presidente Jacques Rogge, cuja liderança de 12 anos chega a uma final obrigatório, em uma votação em Buenos Aires no dia 10 de setembro.

Oswald, de 66 anos, foi chefe da comissão de coordenação que supervisionou os preparativos para os Jogos Olímpicos de Londres-2012 e Atenas-2004. Como atleta, ele disputou três Olimpíadas e ganhou uma medalha de bronze no remo em 1968, na Cidade do México.

O prazo para a inscrição de candidaturas para a presidência do COI é 10 de junho. O ex-campeão olímpico e recordista mundial do salto com vara Sergei Bubka também é considerado como provável candidato.