Platini sai em defesa de Havelange

sexta-feira, 24 de maio de 2013 14:15 BRT
 

LONDRES, 24 Mai (Reuters) - O ex-presidente da Fifa João Havelange recebeu uma homenagem nesta sexta-feira do presidente da Uefa, Michel Platini, que disse que é uma pena o brasileiro não estar mais envolvido no esporte.

"Eu tiro meu chapéu para o sr. Havelange, ele é um mito no mundo do futebol, embora tenha cometido erros", disse Platini a repórteres após Congresso da Uefa.

Um promotor suíço disse em documento judicial divulgado em julho passado que Havelange, presidente da Fifa entre 1974 e 1998, recebeu subornos milionários da ISL, que era sócia da entidade em ações de marketing, para selar contratos relativos a Copas do Mundo da década de 1990.

Havelange renunciou no mês passado ao cargo de presidente honorário da Fifa.

"É realmente uma pena que tenha de se retirar neste ponto, ele prestou serviços à Fifa, e quero prestar homenagem ao sr. Havelange", disse Platini.

"Eu acho que o sr. Havelange tentou ajudar a Fifa, retirando o seu nome em um momento difícil para a Fifa."

(Reportagem de Brian Homewood)