Festa em Munique e luto em Dortmund; Alemanha fica dividida após final

domingo, 26 de maio de 2013 13:56 BRT
 

BERLIM, 26 Mai (Reuters) - A festa dos torcedores do Bayern de Munique atravessou a madrugada deste domingo depois da vitória por 2 x 1 sobre o Borussia Dortmund na final da Liga dos Campeões, em Wembley, no sábado, que enterrou as tristes lembrança das duas derrotas recentes em finais europeias.

Mais de 40 mil torcedores que assistiam ao jogo em telões espalhados pela cidade da Oktobertfest explodiram em delírio quando Arjen Robben marcou o gol da vitória, aos 44 minutos da segunda etapa.

Outros 50 mil fãs que viram a partida de dentro da Allianz Arena, o estádio do Bayern, puderam comemorar assim que o atacante holandês evitou mais um vexame para os bávaros no jogo mais importante da Europa.

Muitos deles invadiram o gramado para celebrar o título e alguns chegaram a levar tufos de grama para casa.

"É magnífico. Me sinto aliviado", disse Marco Goering, que havia se juntado a milhares de torcedores na elegante Leopoldstrasse para uma passeata de fãs à meia-noite.

"É um sentimento incrível. Três finais em quatro anos. É fantástico olhar ao redor e ver os torcedores indo à loucura, é fantástico."

Cantando e dançando, muitos torcedores entoavam uma versão para "We Are the Champions", do Queen, bem como canções tradicionais exaltando o Bayern.

O clima, no entanto, era completamente outro a 600 km dali, em Dortmund, uma antiga cidade dedicada à mineração, muito diferente da glamourosa e cosmopolita Munique. Diferença essa que pôde ser notada em toda Alemanha, dividida entre seus dois times nesta inédita final 100 por cento alemã.

A partida começou bem para milhares de fãs do Borussia que assistiam ao jogo na praça Friedenspatz com suas camisas amarela e preta, e testemunharam a equipe dominando o adversário em boa parte do primeiro tempo.   Continuação...