Nike retira patrocínio a fundação de Lance Armstrong

terça-feira, 28 de maio de 2013 18:00 BRT
 

28 Mai (Reuters) - A Fundação Livestrong, entidade assistencial para vítimas do câncer fundada pelo ex-ciclista Lance Armstrong, disse na terça-feira que perdeu o seu principal patrocínio corporativo, da Nike, empresa que havia criado o seu conhecido símbolo das pulseiras amarelas.

Armstrong criou a fundação em 1997, após receber um diagnóstico de câncer de testículos. A entidade cresceu junto com seu prestígio esportivo, mas ele se afastou dela no ano passado, após um escândalo de doping que levou à cassação de todos os seus títulos esportivos.

Katherine McLane, porta-voz da Livestrong, disse que a retirada do patrocínio já era esperada. "Não somos mais a organização que éramos há um ano", afirmou ela, citando uma fase de "reconstrução".

No entanto, ela disse que seus participantes continuam "enormemente confiantes". "Estamos em forte situação fiscal", acrescentou.

O contrato com a Nike ia até o final de 2014. A marca esportiva anunciou que deixará de produzir itens alusivos à Livestrong depois da temporada natalina de 2013.

Em outubro, quando Armstrong deixou a presidência da fundação, a Nike disse que manteria o patrocínio à entidade, mas que deixaria de patrocinar a pessoa do seu criador.

(Reportagem de Scott Malone, Phil Wahba e Ellen Wulfhorst)