Klopp promete construir nova "máquina de pressão" no Borussia

quarta-feira, 29 de maio de 2013 13:48 BRT
 

29 Mai (Reuters) - O Borussia Dortmund não está se desfazendo e vai construir uma nova "máquina de pressão" para a próxima temporada, possivelmente com Robert Lewandowski ainda a bordo, disse o animado técnico Juergen Klopp, nesta quarta-feira.

"Tenho lido que teremos uma temporada difícil pela frente, o que não faz sentido, porque temos uma base boa e muita qualidade", disse ele ao jornal alemão Bild.

"Naturalmente, haverá algumas mudanças e um ou dois jogadores vão sair. Mas desmanche é a palavra errada, há simplesmente algumas mudanças, que acredito que podemos usar a nosso favor. Estou bem otimista", disse.

"Posso garantir que tudo vai funcionar bem no final. Estamos construindo um novo time, uma nova máquina de pressão."

O Borussia foi vice-campeão nesta temporada atrás do Bayern do Munique tanto na Liga dos Campeões como no Campeonato Alemão. No Alemão, a equipe ficou 25 pontos atrás dos campeões, enquanto na decisão europeia, foi derrotado por 2 x 1, em Wembley.

"Nós só temos de jogar com o Bayern duas vezes, e nesta temporada nós empatamos as duas vezes (no Campeonato Alemão)", disse Klopp. "Perdemos os 25 pontos contra os outros times, esse foi o fator crucial, nas os dois jogos contra o Bayern."

O Bayern já contratou o meia-atacante do Borussia Mario Goetze para a próxima temporada, e há especulação de que vai levar também o atacante polonês Lewandowski.

"Não há proposta formal do Bayern de Munique, o que me leva a acreditar que Robert jogará conosco na próxima temporada", disse Klopp. "Nos próximos dias, vamos garantir o fim dessa especulação."

(Reportagem de Brian Homewood)

 
Técnico do Borussia Dortmund, Juergen Klopp, aplaude os torcedores após a final da Liga dos Campeões contra o Bayern de Munich, no estádio Wembley, em Londres. O Borussia Dortmund não está se desfazendo e vai construir uma nova "máquina de pressão" para a próxima temporada, possivelmente com Robert Lewandowski ainda a bordo, disse o animado técnico Juergen Klopp, nesta quarta-feira. 25/05/2013. REUTERS/Stefan Wermuth