Fifa ajudará palestinos a resolver disputa esportiva com Israel

quarta-feira, 29 de maio de 2013 19:31 BRT
 

Por Mike Collett

PORT LOUIS, 29 Mai (Reuters) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, prometeu na quarta-feira ajuda da entidade aos palestinos para resolverem antigos problemas com Israel, os quais restringem seriamente as práticas esportivas nos territórios.

Blatter, que há dois anos esteve na região tentando melhorar as relações entre os palestinos e Israel, foi aplaudido pelos delegados em uma conferência da Confederação Asiática de Futebol (AFC) nas ilhas Maurício, antecedendo a um congresso da Fifa que começa na quinta-feira.

Blatter disse estar ciente do "espinhoso problema", e acrescentou: "Posso confirmar que vou ajudar, que a Fifa vai ajudar. Esse é um problema do futebol", disse o dirigente suíço.

As tensões entre os dois vizinhos foram exacerbadas com os preparativos para a Eurocopa Sub-21, a ser disputada no mês que vem em quatro cidades israelenses. Apesar de estar fisicamente na Ásia, Israel pertence à Uefa (entidade que comanda o futebol europeu).

Os palestinos se queixam de que as forças de segurança israelenses, que controlam os deslocamentos entre os territórios palestinos da Faixa de Gaza e da Cisjordânia, frequentemente impedem atletas de viajarem livremente entre as duas áreas.

As restrições não afetam só os palestinos.

Como membro pleno da Fifa e da AFC, a Associação Palestina de Futebol começou a sediar mais torneios regionais, mas os israelenses estão impedindo atletas de terceiros países de entrarem na Cisjordânia.