Justiça suspende jogo do Brasil no Maracanã; governo do RJ recorre

quinta-feira, 30 de maio de 2013 18:18 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 30 Mai (Reuters) - O amistoso entre Brasil e Inglaterra marcado para domingo no Maracanã está suspenso por uma decisão da Justiça do Rio de Janeiro, atendendo a pedido do Ministério Público que alega falta de segurança para realização da partida.

A decisão foi expedida nesta quinta-feira pela juíza da décima terceira Vara de Fazenda do Rio de Janeiro, Adriana Costa dos Santos. O MP alega que não foram apresentados os laudos técnicos necessários para garantir a realização de jogos e eventos no estádio.

A decisão de cancelar o jogo amistoso ainda pode ser revertida. O governo do Estado já está tentando derrubar a decisão e admite que o laudo da Polícia Militar sobre o jogo não havia sido entregue à Superintendência de Desportos do Estado do Rio de Janeiro (Suderj).

"Todos os requisitos de segurança para o amistoso Brasil e Inglaterra foram cumpridos e, por uma falha burocrática, o laudo da PM que comprova o cumprimento das regras de segurança no Maracanã não havia sido entregue à Suderj. O laudo será encaminhado com o recurso do Estado ao plantão Judiciário", informou o Governo do Estado em nota.

O estádio do Maracanã ficou fechado para obras de modernização desde 2010 e o amistoso de domingo será o grande evento teste da nova arena. As obras custaram cerca de 1 bilhão de reais e não estão totalmente concluídas.

Dentro do estádio ainda há muito material de obra espalhado e no entorno do estádio operários da prefeitura trabalham na pavimentação, urbanização e paisagismo.

"A CBF tem todos os laudos e vai mostrar à Justiça que a decisão não tem fundamento", disse o assessor de imprensa da CBF, Rodrigo Paiva, a jornalistas.

O estádio deveria ter sido entregue à FIFA no fim do ano passado, mas "as chaves" do Maracanã só foram entregues na semana passada.

(Por Rodrigo Viga Gaier e Pedro Fonseca)