Justiça derruba liminar e libera amistoso do Brasil no Maracanã

sexta-feira, 31 de maio de 2013 07:05 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 31 Mai (Reuters) - A Justiça do Rio de Janeiro revogou na noite de quinta-feira a decisão liminar que suspendia a realização do amistoso entre Brasil e Inglaterra no domingo, no Maracanã.

A liminar que cancelava o jogo foi cassada pela própria Justiça no fim da noite desta quinta, horas após a apresentação dos laudos de segurança que faltavam.

"O jogo entre Brasil e Inglaterra está confirmado para o dia 2 de junho com as plenas condições de segurança atestadas", disse em nota o governo do Rio.

Mais cedo, juíza da 13a Vara de Fazenda do Rio concedeu uma liminar a pedido do Ministério Publico alegando falta de segurança para a realização do jogo.

O governo do Estado admitiu em nota oficial que por um "problema burocrático" não havia enviado à Superintendência de Desportos do Rio de Janeiro (Suderj) o laudo da Polícia Militar garantindo a segurança do estádio para a realização do jogo.

A seleção da Inglaterra chegou ao Rio de Janeiro nesta quinta para o jogo com o Brasil.

A partida de domingo será o principal evento-teste do Maracanã para a Copa das Confederações, que começa dia 15 de junho.

Cerca de 74 mil ingressos foram disponibilizados para o jogo, sendo que 50 mil foram postos à venda.

Do lado de fora do Maracanã , operários da prefeitura correm contra o tempo para finalizar obras de urbanismo, paisagismo e calçamento até a hora do jogo.

O Maracanã, que originalmente deveria ter sido entregue em dezembro de 2012, receberá três partidas da Copa das Conderações, a mais importantes elas é a final, dia 30 de junho. As obras de modernização do estádio custaram cerca de 1,1 bilhão de reais.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

 
Vista geral do Maracanã, que ainda tem um verdadeiro canteiro de obras em parte do lado de fora. 30/05/2013 REUTERS/Ricardo Moraes