Blatter é desafiado a revelar salário

sexta-feira, 31 de maio de 2013 12:32 BRT
 

PORT LUIS, Maurício, 31 Mai (Reuters) - Mark Pieth, advogado suíço independente responsável por gerir o processo de reforma da Fifa, desafiou nesta sexta-feira o presidente Joseph Blatter e os altos executivos da entidade a revelarem seus salários.

Pieth, presidente do Comitê Independente de Governança, fez a cobrança em discurso perante os 208 delegados no Congresso da Fifa, observado por Blatter.

O processo de reforma, que começou há dois anos, é destinado a trazer maior transparência à entidade que comanda o futebol mundial.

Pieth não poupou os altos dirigentes, ao afirmar que transparência incluiu a divulgação da remuneração de Blatter e dos integrantes do comitê executivo da Fifa.

Blatter disse anteriormente que o período de reforma terminava neste Congresso, mas Pieth discordou.

"A questão-chave remanescente na transparência é a remuneração dos funcionários-chave. Isso não aconteceu durante a noite para outras organizações também, mas a Fifa precisa correr atrás", disse.

"Eu gostaria de convidar o presidente e os membros do comitê executivo a dar esse passo, uma vez que enviaria uma mensagem crucial para seus eleitores e ao público em geral de que não têm nada a esconder", acrescentou.

"É lamentável que este Congresso não possa ser capaz de tomar uma decisão sobre idade e limites de prazo também. Estas podem não ser a mais fundamental das questões da reforma, mas enviam uma mensagem simbólica."

Pieth não foi totalmente crítico à Fifa, dizendo que muitas coisas foram alcançadas desde o início do processo de reforma, "mas é preciso um longo tempo para mudar as coisas".

Blatter não respondeu diretamente a Pieth sobre seu salário, mas disse que a discussão sobre o limite de idade e os limites de mandato será retomada pelo comitê executivo e estará na agenda no Congresso do próximo ano, em São Paulo.

 
Presidente da Fifa, Joseph Blatter, reage durante coletiva de imprensa em Havana. Mark Pieth, advogado suíço independente responsável por gerir o processo de reforma da Fifa, desafiou nesta sexta-feira o presidente Joseph Blatter e os altos executivos da entidade a revelarem seus salários. 17/04/2013. REUTERS/Enrique De La Osa