Advogado de Pistorius exige explicação para vazamento de fotos chocantes

sexta-feira, 31 de maio de 2013 14:49 BRT
 

Por Peroshni Govender

JOHANESBURGO, 31 Mai (Reuters) - Os advogados do velocista Oscar Pistorius exigiram respostas da polícia e do Ministério Público sul-africano, nesta sexta-feira, depois que fotos do banheiro onde ele matou a namorada a tiros foram divulgadas por uma TV britânica.

A Sky News obteve uma série de imagens da cena do crime na luxuosa casa de Pistorius, onde ele atirou contra a modelo Reeva Steenkamp, em fevereiro. Pistorius é conhecido como "Blade Runner" por não ter as duas pernas e disputar as provas de atletismo usando próteses.

Ele foi uma das estrelas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2012 em Londres. O crime chocou milhões de pessoas em todo o mundo, desfazendo a imagem dele como um símbolo do triunfo sobre a adversidade.

Na África do Sul, Pistorius era um herói para os negros e brancos, transcendendo a divisões raciais que persistem 19 anos após o fim do apartheid.

Pistorius admitiu ter atirado quatro vezes através da porta trancada do banheiro, mas alega que ele estava agindo em legítima defesa por pensar que no local estava um invasor.

Os promotores o acusam de assassinato premeditado por ter disparado contra Steenkamp, de 29 anos, na cabeça, quadril e braço.

As fotos divulgadas mostram uma poça de sangue no banheiro, paredes sujas e um rastro de corpo arrastado.

O advogado Brian Webber disse ter enviado uma carta à promotoria pedindo explicações para o aparecimento das fotos uma semana antes de Pistorius ter de se apresentar novamente ao tribunal.

"Eu pedi uma explicação, e estou confiante de que haverá uma", afirmou ele à Reuters.