Confiante, David Luiz espera Inglaterra cautelosa em amistoso

sábado, 1 de junho de 2013 15:52 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 1 Jun (Reuters) - A seleção brasileira está confiante em uma vitória sobre a Inglaterra no amistoso de domingo, e aposta que a equipe adversária adotará uma postura mais cautelosa no jogo a ser disputado no Maracanã, de acordo com o zagueiro David Luiz

"Não fiz nenhuma aposta, mas o Brasil vai ganhar amanhã. O jogo já vale muito por si só", disse David Luiz, que atua no inglês Chelsea.

"Vão esperar mais a gente e se defender mais --seja pelo clima, pelo respeito e pelas características do time com jogadores muito velozes", completou ele.

No primeiro compromisso do técnico Luiz Feliope Scolari na sua volta à seleção brasileira, o Brasil perdeu para os ingleses por 2 x 1, no início do ano, na reabertura do estádio Wembley.

Neste ano, além da derrota para os ingleses, o Brasil empatou com Itália, Rússia e Chile. A seleção de Felipão derrotou apenas a Bolívia.

Os jogadores agora buscam mudar essa sina neste amistoso e no próximo, contra a França, no dia 9 de junho em Porto Alegre, antes de darem início à campanha na Copa das Confederações, no dia 15 de junho. O Brasil irá disputar a fase classificatória do torneio contra Japão, Itália e México.

"Ganhar daria moral para a gente seguir. Começar com vitória sempre é muito importante. Hoje estamos num nível 6 ou 7 (numa escala de zero a dez)", disse o volante Fernando.

O defensor enxerga uma evolução tática e técnica da equipe brasileira. "Nosso time vem diferente e com mais conhecimento da filosofia do Felipão, mais experiente, mais trabalho e temos que agir diferente daquele time que atuou no começo do ano", declarou o zagueiro.

Neste sábado à tarde, o Brasil ainda faria um treino de reconhecimento do gramado do Maracanã.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

 
David Luiz, dho Chelsea, celebra gol contra FC Basel durante a segunda partida da semi-final da UEFA, em Londres, maio de 2013. O jogador disse estar confiante à partida contra Inglaterra, nesse domingo. 02/05/2013 REUTERS/Stefan Wermuth