Mourinho é vaiado e ovacionado em despedida vitoriosa do Real

sábado, 1 de junho de 2013 16:00 BRT
 

MADRI, 1 Jun (Reuters) - José Mourinho encerrou seu reinado de três anos como técnico do Real Madrid com uma vitória de 4 x 2 sobre o Osasuna neste sábado pelo Campeonato Espanhol, uma partida na qual foi vaiado e ovacionado em igual medida por dois terços do estádio.

A saída do treinador de 50 anos do clube foi de mútuo acordo, apesar de ele ainda ter três anos no contrato, e é grande a expectativa de que volte ao seu ex-time, o Chelsea.

Gonzalo Higuaín, capitaneando um time sem vários de seus principais jogadores, abriu o placar aos 35 minutos, quando desviou de seu marcador e avançou para conferir o 100º gol do Real na atual campanha.

É o quarto ano consecutivo em que os campeões europeus por nove vezes atingem essa marca.

Três minutos depois, o emprestado Michael Essien recebeu um escanteio e marcou de cabeça, correndo para dedicar o gol a Mourinho, que o trouxe do Chelsea.

O Osasuna, que como o Real não tem mais o que disputar, descontou um gol no começo do segundo tempo graças a um tiro baixo de Roberto Torres, e Álvaro Cejudo empatou pouco depois.

Em uma bela demonstração de habilidade, Mesut Ozil ajeitou para Karim Benzema fazer o terceiro do Real, e José Callejón encerrou aos 42 da etapa complementar.

O Real encerra a temporada em segundo lugar com 85 pontos em 38 jogos, 12 menos que o campeão Barcelona, que tem a chance de igualar sua marca recorde de 100 pontos quando receber o Málaga em casa ainda neste sábado.

(Por Mark Elkington)

 
José Mourinho, comemora vitória contra Manchester United, quando treinava o Chelsea, em 2005. O treinador encerrou seu período de três anos com o Real Madrid, da Espanha, nesse sábado. 26/01/2005 REUTERS/Ian Hodgson