Candidato único, Florentino Pérez se reelege no comando do Real Madrid

domingo, 2 de junho de 2013 11:48 BRT
 

MADRI, 2 Jun (Reuters) - Florentino Pérez vai dar início ao seu quarto mandato como presidente do Real Madrid na próxima semana, depois que o clube confirmou neste domingo que não houve nenhum outro candidato disposto a desafiar o atual mandatário em uma eleição.

No último ano, o empresário da área da construção civil, de 66 anos, conseguiu o paio de membros para mudanças no estatuto que dificultaram ainda mais a escalada ao poder no clube mais rico do futebol mundial em receita.

Um candidato a presidente potencial agora tem de ser sócio do clube por pelo menos 20 anos, em vez dos 10 requeridos anteriormente, e deverá fornecer pessoalmente garantias bancárias equivalentes a 15 por cento do orçamento do clube -- algo em torno de 75 milhões de euros--, em vez de confiar a tarefa a terceiros.

Pérez será oficialmente apresentado para mais um mandato de quatro anos na próxima terça-feira.

Uma das primeiras medidas será indicar um novo treinador depois que José Mourinho deixou o clube, apesar do português ainda ter três anos a cumprir em contrato.

Os nomes de Carlo Ancelotti, do Paris St. Germain, e de Jupp Heynckes, de saída do Bayern de Munique, são os mais fortes em Madri, de acordo com a mídia local.

Em entrevista ao jornal local ABC neste domingo, Pérez disse que o Real precisa de "um treinador que entenda bem o time e que complementemos o clube com alguns reforços, mas não muitos".

"A porta não está fechada para Mourinho. Ele nos deixou entristecido depois de demorar muito tempo para entender como a imprensa funciona por aqui."

O Real terminou a última temporada sem nenhum grande troféu, com um segundo lugar no Espanhol, atrás do Barcelona, uma eliminação nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa e um vice-campeonato na Copa do Rei, diante do rival Atlético de Madri.

(Por Mark Elkington)