2 de Junho de 2013 / às 21:39 / em 4 anos

Brasil fica no empate com Inglaterra no Maracanã e aumenta jejum

A seleção brasileira empatou por 2 x 2 em amistoso com a Inglaterra no Maracanã. 2/6/2013 REUTERS/Pilar Olivares

Por Pedro Fonseca

RIO DE JANEIRO, 2 Jun (Reuters) - A seleção brasileira desperdiçou a reabertura do Maracanã e ficou apenas num empate por 2 x 2 com a Inglaterra, neste domingo, aumentando um jejum sem vencer as principais seleções do mundo desde 2009.

Wayne Rooney e Alex Oxlade-Chamberlain fizeram os gols dos ingleses depois que Fred abriu o marcador para o Brasil, no segundo tempo, após uma primeira etapa dominada de forma ineficiente pelos brasileiros, que ameaçaram bastante mas não conseguiram marcar.

A última vitória do Brasil contra uma seleção de ponta fora justamente contra a Inglaterra, em novembro de 2009, quando o time ainda era treinado por Dunga.

“Infelizmente não foi o resultado que esperávamos, mas saímos com a sensação que demos o máximo, principalmente no primeiro tempo. Criamos muitas oportunidades, infelizmente a bola não quis entrar”, disse após a partida o atacante Fred.

O técnico Luiz Felipe Scolari surpreendeu na escalação do Brasil neste domingo, com as entradas do lateral-esquerdo Felipe Luis, do meia Luis Gustavo e do meia-atacante Hulk no lugares de Marcelo, Fernando e Lucas, em relação ao time que treinou na maior parte do tempo durante a semana.

O time precisou de 15 minutos para se adaptar à partida, e a partir de então dominou o adversário no primeiro tempo. O gol brasileiro só não saiu porque o goleiro inglês Joe Hart fez algumas defesas difíceis, a principal delas num chute de Neymar de dentro da pequena área, aos 17 minutos.

O atacante teve outra boa oportunidade quatro minutos depois, numa jogada individual em que livrou-se do marcador com um belo drible e bateu colocado da entrada da área. A bola passou perto da trave.

Além de Neymar, o Brasil teve boas chances na primeira etapa com Fred, Oscar e Hulk -- este último quase marcou um gol de placa minutos após ser vaiado pela torcida por um chute torto.

Num cruzamento da direita de Daniel Alves, Hulk tocou de calcanhar e a bola passou rente ao pé da trave. Apesar do lance, a torcida não perdoou alguns erros cometidos por ele e pediu, em coro, a entrada de Lucas.

Os torcedores também reclamaram do juiz pela não marcação de pênalti numa jogada em que Oscar caiu dentro da área numa disputa de bola com o capitão inglês Frank Lampard.

Em todo primeiro tempo os ingleses só deram dois chutes a gol, ambos defendidos pelo goleiro brasileiro Julio Cesar sem maior dificuldade. Os ingleses ainda perderam por lesão o lateral Leighton Baines, que foi substituído por Ashley Cole.

GOLS NO 2o TEMPO

A seleção brasileira voltou para o segundo tempo mais ofensiva, com as entradas de Hernanes e Marcelo nas vagas de Luiz Gustavo e Filipe Luis.

Aos 11 minutos, Felipão colocou Lucas no lugar de Oscar, e a substituição foi recebida com gritos de “burro” para o treinador por parte da torcida, que queria a saída de Hulk. Mas a queixa durou pouco.

Numa blitz do ataque do Brasil, Hernanes acertou no travessão um lindo chute da entrada da área. Fred pegou o rebote de primeira e abriu o marcador, aos 12 minutos, confirmando sua boa fase como novo camisa 9 da seleção brasileira.

O gol do Brasil tirou os ingleses da defesa, e a equipe passou a pressionar em busca do empate. James Milner quase marcou num chute de fora da área que passou perto da trave e, aos 22 minutos, Alex Oxlade-Chamberlain conseguiu o gol de empate num chute rasteiro que Julio Cesar não conseguiu alcançar.

Quando a torcida tentava empurrar o Brasil para buscar a vitória, foi a minoria inglesa no estádio que comemorou um lindo chute colocado de Wayne Rooney que encobriu o goleiro brasileiro e colocou os visitantes em vantagem, aos 33 minutos.

O gol fez surgir lembranças do último duelo Brasil x Inglaterra no Maracanã, vencido pelos ingleses por 2 x 0 em junho de 1984, quando John Barnes marcou um golaço até hoje comemorado pela torcida inglesa.

Mas o Brasil manteve-se mais presente no ataque do que o adversário, e conseguiu empatar apenas três minutos depois. Lucas fez um bom cruzamento pela direita e Paulinho mandou de primeira para as redes.

O empate, apesar de não ser o resultado esperado pela maior parte do público de 66 mil pessoas, ao menos evitou um novo vexame contra os ingleses em casa, e foi comemorado no fim da partida com aplausos dos torcedores.

No próximo domingo, a seleção terá mais um desafio contra uma equipe dona de título mundial, a França, em Porto Alegre.

Depois o time disputará a Copa das Confederações. O primeiro jogo será no dia 15, contra o Japão, em Brasília. Dia 19, com o México, joga em Fortaleza. E no dia 22, em Salvador, encerra a primeira fase contra a Itália.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below