4 de Junho de 2013 / às 14:08 / 4 anos atrás

Campeão da tríplice coroa pelo Bayern, Heynckes tira férias

Técnico campeão da tríplice coroa com o Bayern de Munique, Jupp Heynckes, fala durante uma coletiva de imprensa em Munique, na Alemanha. Jupp vai tirar um tempo livre na próxima temporada, mas não chegou a anunciar sua aposentadoria nesta terça-feira, após conduzir o clube à temporada mais bem-sucedida da história. 04/06/2013Michael Dalder

4 Jun (Reuters) - O técnico campeão da tríplice coroa com o Bayern de Munique, Jupp Heynckes, vai tirar um tempo livre na próxima temporada, mas não chegou a anunciar sua aposentadoria nesta terça-feira, após conduzir o clube à temporada mais bem-sucedida da história.

O técnico de 68 anos, que será substituído pelo ex-treinador do Barcelona Pep Guardiola, ganhou a Liga dos Campeões no início deste mês, bem como o Campeonato Alemão e a Copa da Alemanha, conseguindo uma tríplice coroa inédita para um clube alemão.

"Eu ainda estou impressionado com os acontecimentos", disse um emocionado Heynckes, que assumiu o Bayern pela terceira vez em 2011. "A partir de 1o de julho eu não vou assumir nenhum clube aqui ou no exterior."

"Os últimos dois anos foram intensos e marcantes", disse ele, acrescentando que a equipe tinha aprendido muito depois de perder por pouco três títulos na temporada anterior.

"Eu tinha dito a minha esposa depois da derrota na Liga dos Campeões do ano passado que eu iria terminar o meu contrato no Bayern e não continuaria além disso."

Heynckes levou o Bayern a duas finais consecutivas da Liga dos Campeões, perdendo para o Chelsea nos pênaltis em Munique no ano passado, mas voltando para derrotar o Borussia Dortmund por 2 x 1 no estádio Wembley, em Londres, em 25 de maio.

"Nesta temporada, eu alcancei meu limite. Nas últimas semanas eu percebi que tinha chegado a uma idade em que a recuperação leva muito mais tempo."

O ex-atacante do Borussia Moenchengladbach, que como jogador também foi campeão europeu com a Alemanha em 1972, havia sido cogitado na mídia com uma possível transferência de volta ao Real Madrid após a saída de José Mourinho.

O alemão, que levou o Real ao título europeu em 1998, descartou uma aposentadoria permanente, embora tenha dito estar ansioso por um tempo longe do esporte.

"Eu, pessoalmente, não sou a favor de decisões finais. Tenho 68 e há vida fora do trabalho. Quero aproveitar minha vida", disse ele.

Por Karolos Grohmann

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below