5 de Junho de 2013 / às 23:50 / em 4 anos

Brasil treina em Goiânia com mesmo time do 1o tempo contra Inglaterra

5 Jun (Reuters) - O técnico Luiz Felipe Scolari comandou um treino nesta quarta-feira com o mesmo time do primeiro tempo do empate com a Inglaterra, indicando que poderá repeti-lo para o amistoso de domingo, contra a França, em Porto Alegre.

No treino tático em Goiânia, o treinador do Brasil testou novamente a formação com Luiz Gustavo atuando como volante, Filipe Luís na lateral esquerda e Hulk no meio-campo. Fernando, Marcelo e Lucas treinaram entre os reservas.

Com pouco tempo para treinar, os jogadores têm ajustado a formação na base da conversa, e Felipão cobrou mais diálogo para melhorar o posicionamento.

“Tenho conversado bastante com o Thiago Silva e o David na concentração para ajeitarmos a marcação e o posiconamento”, disse recentemente o volante Paulinho, um dos titulares do meio-campo.

O lateral Filipe Luís, mesmo começando o jogo com a Inglaterra e sendo mantido na lateral nos treinos, ainda não se sente titular.

“É uma posição que foi ocupada durante anos pelo Roberto Carlos... uma responsabilidade muito grande, e a disputa é muito grande aqui na seleção”, disse o jogador do Atlético de Madri a jornalistas. “O meu objetivo principal é dar uma dor de cabeça para o Felipão.”

No primeiro tempo do amistoso com a Inglaterra, o Brasil jogou bem, criou oportunidades, mas não conseguiu marcar. Os gols do empate em 2 x 2 só saíram depois do intervalo.

Admirador de defesas sólidas e que não dão chances aos adversários, o treinador tem cobrado atenção na marcação de seus jogadores. “O que ele pede para mim é primeiro defender bem e não deixar ninguém passar por mim”, revelou Filipe Luís.

O jogo com a França será o último amistoso do Brasil antes da estreia na Copa das Confederações, no dia 15 contra o Japão. Para o volante Hernanes, a partida diante dos franceses é especial.

Em 2011, ainda sob o comando de Mano Menezes, o jogador foi expulso num amistoso contra a França após falta dura contra o jogador Benzema. Depois disso, Hernanes amargou um bom tempo longe da seleção.

“Foi um erro de cálculo e será um jogo com um gostinho especial para mim e uma chance para refazer essa história”, afirmou ele, que entrou no segundo tempo contra a Inglaterra e deu um chute na trave que originou o gol de Fred.

Os jogadores do Brasil já começaram a testar a bola da Copa das Confederações, a Cafusa.

Por Rodrigo Viga Gaier, no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below