Após críticas, Pérez diz que ação em Mônaco não foi "estúpida"

quinta-feira, 6 de junho de 2013 19:34 BRT
 

MONTREAL, 6 Jun (Reuters) - Sergio Pérez defendeu-se contra as críticas de que ele pilotou como "um idiota" no Grande Prêmio de Mônaco, no mês passado, insistindo que não fez nada errado.

O mexicano recebeu críticas dos pilotos rivais depois que ele colidiu com o candidato ao título da Fórmula 1 Kimi Raikkonen na última corrida do campeonato, mas ressaltou que não foi o culpado.

"Toda manobra que você tenta fazer em Mônaco para tentar ultrapassar está no limite", disse Pérez a jornalistas na quinta-feira, antes do Grande Prêmio do Canadá deste fim de semana.

"Eu fiz alguns movimentos no limite que, no final, acabaram mal. O resultado não era o que eu estava esperando. Mas eu acho que as manobras que fiz estavam certas. Eu não fiz nada estúpido."

Pérez tocou o carro de Raikkonen quando tentava ultrapassá-lo na entrada de uma chicane no estreito circuito de rua de Mônaco. O Lotus de Raikkonen sofreu um furo no pneu e ele foi para trás da fila, antes de recuperar-se para terminar em 10o lugar.

Raikkonen, que está atualmente em segundo no campeonato, atrás de Sebastian Vettel, sugeriu que o piloto da McLaren de 23 anos precisava de um soco na cara.

Mas Pérez, que não conseguiu terminar a corrida, disse que não se intimidou com as críticas e não espera qualquer problema em Montreal, outro circuito de rua complicado.

"No final das contas, nós somos seres humanos, e você fica muito chateado, muito irritado, e imediatamente você quer criticar alguém", disse Pérez.

"Eu senti que ele arruinou a minha corrida, ele sentiu que eu arruinei a corrida dele, por isso é muito fácil fazer um comentário de imediato após a corrida...vou seguir em frente e estou ansioso para fazer uma grande corrida aqui."

(Reportagem de Julian Linden)