Alonso crê que sorte de Vettel vai mudar para pior

quinta-feira, 6 de junho de 2013 20:18 BRT
 

MONTREAL, 6 Jun (Reuters) - A sorte de Sebastian Vettel, líder do Mundial de Pilotos da Fórmula 1, certamente vai se esgotar em algum momento nesta temporada, e a Ferrari precisa aproveitar ao máximo qualquer tropeço que o alemão da Red Bull sofrer, disse Fernando Alonso na quinta-feira.

Após 6 das 19 provas da temporada, o espanhol larga no GP do Canadá, no domingo, 29 pontos atrás do tricampeão, que nunca venceu na América do Norte.

"O que está um pouco fora da normalidade no momento são os pontos que Sebastian marcou nestas seis corridas", disse o piloto da Ferrari.

"Precisamos tentar terminar na frente dele. Corridas azaradas vão acontecer para todo mundo, e vão acontecer para ele também. Aconteceu com o Kimi (Raikkonen, da Lotus) em Mônaco com o acidente, e estamos muito próximos, cinco pontos atrás dele."

Raikkonen, vice-líder do Mundial, bateu no mexicano Sergio Pérez, da McLaren, no GP de Mônaco, quando estava em quinto. Ele conseguiu terminar a prova em décimo.

O espanhol já teve sua quota de azar neste ano - em parte por própria culpa. Ele abalroou a traseira do carro de Vettel no começo do GP da Malásia, e abandonou na volta seguinte, deixando caminho livre para o rival vencer.

Aí, no Barein, o sistema de redução de arrasto da asa traseira não fechou adequadamente, obrigando-o a uma parada extra que o mandou para a 18ª. posição. Ele terminou em oitavo. Ele venceu na China e na Espanha, mas em Mônaco a Ferrari perdeu tempo com detritos deixados na pista, incluindo um pedaço da McLaren de Pérez.

"Em Mônaco não marcamos tantos pontos, então precisamos de quatro ou cinco corridas consecutivas no pódio ou perto do pódio para recuperar alguns pontos que perdemos", disse ele. "Neste fim de semana, precisamos marcar bons pontos."

(Reportagem de Alan Baldwin em Londres)