Mourinho prejudicou o futebol espanhol, diz Iniesta

domingo, 9 de junho de 2013 14:39 BRT
 

MADRI, 9 Jun (Reuters) - José Mourinho mais prejudicou do que ajudou o futebol espanhol durante sua controversa passagem pelo Real Madrid, disse neste domingo o meio-campista da seleção espanhola e do Barcelona Andrés Iniesta.

No Real desde 2010, o treinador português rescindiu seu contrato a três anos do fim, depois de uma temporada decepcionante e sem nenhum grande título em Madri, antes de acertar sua volta ao Chelsea.

Sua passagem pela capital espanhola foi marcada por uma série de incidentes, como quando ele peitou uma parte expressiva da torcida madrilenha ao colocar o capitão e ídolo Iker Casillas, parceiro de Iniesta na seleção, no banco do Real.

"Você tem que analisar os fatos", disse Iniesta quando perguntado se Mourinho prejudicou o futebol espanhol, em entrevista publicada na edição deste domingo de El País.

"Sim, ele prejudicou o futebol espanhol. Em geral, o saldo é mais negativo do que positivo", acrescentou o atleta de 29 anos.

"Mas eu não gosto de falar sobre ele. Se você não se importar, vamos deixar isso para lá."

Mourinho, 50, foi assistente no Barça no fim dos anos 1990, e também treinou equipes como o Porto e a Inter de Milão.

(Por Iain Rogers)

 
Foto de arquivo do técnico de futebol José Mourinho, em Madri, na Espanha. Mourinho mais prejudicou do que ajudou o futebol espanhol durante sua controversa passagem pelo Real Madrid, disse neste domingo o meio-campista da seleção espanhola e do Barcelona Andrés Iniesta. 19/08/2012 REUTERS/Juan Medina