Capitão Ambrosini deixa o Milan após 18 temporadas

sexta-feira, 14 de junho de 2013 11:57 BRT
 

ROMA, 14 Jun (Reuters) - O capitão do Milan, Massimo Ambrosini, anunciou nesta sexta-feira que está deixando o clube após 18 temporadas.

"Esta é a minha última entrevista coletiva como jogador do Milan e quero agradecer a todos vocês por 18 anos fantásticos, que eu nunca vou esquecer", disse o meia, de 36 anos, depois que o clube italiano decidiu não renovar seu contrato.

"Eu precisei de alguns dias para trabalhar um pouco da tristeza inevitável, mas a vida continua. Ainda me sinto como um jogador de futebol e vou continuar jogando."

Ambrosini disputou 489 jogos e marcou 36 gols pelo Milan, conquistando quatro títulos da Série A, duas Ligas dos Campeões e um Mundial de Clubes.

"Estou muito triste que eu tenha que dizer adeus a Ambro, é uma decisão que me envolveu emocionalmente", disse o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani.

"Ele está chateado também, mas no final a idade era um fator mais importante do que razões mais emotivas. Ele foi um grande jogador para o Milan."

Ambrosini, com passagem pela seleção italiana, tem sido cogitado como possível reforço da Fiorentina, a quem o Milan superou para terminar em terceiro lugar na tabela na temporada passada.

Ambrosini aumentou a especulação nesta sexta-feira ao dizer que estaria interessado em falar com o clube toscano sobre a transferência.

"A Fiorentina é um grande clube, um grande time, com um grande treinador, que tem um projeto em andamento muito interessante, e se eles se aproximarem eu irei ouvir o que eles têm a dizer."

(Reportagem de Terry Daley)

 
Jogador do Milan, Massimo Ambrosini, reage durante partida contra o Barcelona pela Liga dos Campeões, em Barcelona. Capitão do Milan, Ambrosini anunciou nesta sexta-feira que está deixando o clube após 18 temporadas. 12/03/2013. REUTERS/Albert Gea