Felipão quer vitória contra Japão para evitar situação "horrível"

sexta-feira, 14 de junho de 2013 19:01 BRT
 

BRASÍLIA, 14 Jun (Reuters) - O Brasil tem que vencer o jogo de abertura da Copa das Confederações, no sábado, contra o Japão, para evitar uma situação "horrível" e de intranquilidade, disse o técnico da seleção, Luiz Felipe Scolari, nesta sexta-feira.

Felipão lembrou da disputa da Eurocopa de 2004, quando comandava a seleção de Portugal, e perdeu o primeiro jogo contra a Grécia.

"Depois classificamos com duas vitórias, mas é horrível jogar o primeiro jogo na tua casa e perder", afirmou o treinador durante entrevista coletiva em Brasília.

"É horrível. O ambiente fica difícil de a gente administrar, torcedores, público, imprensa, jogadores. É uma situação que não se deve passar", acrescentou.

Segundo ele, parte das conversas que tem tido com os jogadores servem justamente para mostrar a importância da vitória contra o Japão no sábado.

Felipão disse que a seleção do Japão tem méritos, porque foi a primeira a se classificar para a Copa do Mundo de 2014, e será um jogo difícil para o Brasil.

"Pelo estudo que a gente tem feito...o Japão vai jogar marcando, claro, mas vai jogar bem mais à frente", disse o técnico brasileiro, comparando os últimos jogos da seleção contra França e Inglaterra, este mês, quando os adversários jogaram mais fechados na defesa.

Depois do treino no estádio Nacional Mané Garrincha, os jogadores também frisaram a importância de estrear com vitória contra o Japão.

"É sempre importante você estrear com pé direito e acho que esse é o objetivo e a mentalidade que esse grupo vai para esse jogo", afirmou o lateral direito Daniel Alves a jornalistas.   Continuação...