Dilma é vaiada na abertura da Copa das Confederações em Brasília

sábado, 15 de junho de 2013 16:25 BRT
 

BRASÍLIA, 15 Jun (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff declarou aberta a Copa das Confederações deste ano sob vaias da torcida no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, antes do jogo entre Brasil e Japão.

As vaias começaram quando o presidente da Fifa, Joseph Blatter, foi anunciado pelo locutor do estádio e ganharam força com o anúncio da presença da presidente.

Durante as vaias, Blatter chegou a pedir respeito aos cerca de 70 mil torcedores presentes ao estádio.

"Amigos do futebol brasileiro, onde está o respeito e o fair play, por favor?", disse o presidente da Fifa.

O pedido do dirigente só fez as vaias aumentarem e Dilma declarou a abertura oficial do torneio sob intensa vaia da torcida em Brasília.

(Reportagem de Jeferson Ribeiro)

 
Presidente Dilma Roussef fala durante abertura da Copa das Confederações, ao lado do presidente da FIFA, Sepp Blatter (à esquerda de Dilma), no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília. Dilma declarou aberta a Copa das Confederações deste ano sob vaias da torcida, antes do jogo entre Brasil e Japão. 15/06/2013 REUTERS/Ueslei Marcelino