Jogadores egoístas causam muitos problemas, diz Mourinho

domingo, 16 de junho de 2013 13:50 BRT
 

Por Tony Jimenez

LONDRES, 16 Jun (Reuters) - José Mourinho pediu que os jogadores não sejam egoístas na sua segunda passagem como treinador do Chelsea ou haverá "muitos problemas" em Stamford Bridge.

O vestiário esteve dividido durante os últimos meses do reinado de Mourinho no Real Madrid, último trabalho do treinador, e ele parece determinado a evitar algo parecido na Inglaterra.

"Se você é um grande profissional, se você não é egoísta, se coloca o clube acima de si mesmo e se trabalha 100 por cento por mim, pelos seus companheiros e pelo clube, nós teremos um relacionamento fantástico", disse a repórteres.

"Se você é egoísta, não se importa com o clube, não se importa com os torcedores, não se importa com sua imagem, você está muito encrencado".

Mourinho é um dos oito treinadores que o Chelsea teve desde a compra do clube pelo bilionário russo Roman Abramovich em 2003.

O amigo próximo do português, Alex Ferguson, que se aposentou mês passado após memoráveis 26 anos à frente do Manchester United, disse uma vez que a troca constante de treinadores concede poder aos jogadores.

"O que Sir Alex diz em relação ao futebol inglês é doutrina, é a bíblia", disse Mourinho.

"Se ele diz isso com tantos anos de experiência, acho que está correto. Isso se aplica a esse clube? Não sei".

Mourinho assinou contrato de quatro temporadas com o Chelsea e acredita que estabilidade é importante para o campeão da Liga Europa, especialmente agora que o clube está investindo em jovens há uns dois anos.

"Na última temporada, este clube venceu o troféu que eu não quero vencer", disse. "Eu o conquistei pelo Porto antes de ser campeão europeu de 2004 e é assim que deve ser. Primeiro você vence a Liga Europa e depois a Liga dos Campeões".

 
Treinador do Chelsea, José Mourinho, fala durante coletiva de imprensa no estádio de Stamford Bridge, em Londres, 10 de junho de 2013. Mourinho pediu que os jogadores não sejam egoístas na sua segunda passagem como treinador do Chelsea ou haverá "muitos problemas" em Stamford Bridge. 10/06/2013 REUTERS/Suzanne Plunkett