Thiago Silva diz que México está entalado na garganta e projeta jogo duro na 4ª

domingo, 16 de junho de 2013 15:43 BRT
 

Por Jeferson Ribeiro

BRASÍLIA, 16 Jun (Reuters) - A partida contra o México na próxima quarta-feira pela segunda rodada da Copa das Confederações será mais difícil do que a final olímpica em que o Brasil perdeu para os mexicanos no ano passado, avaliou neste domingo o capitão da seleção brasileira, o zagueiro Thiago Silva, que admitiu que os mexicanos estão entalados na garganta dos brasileiros.

Caso vença o México na quarta, o Brasil pode até mesmo conseguir sua classificação antecipada para a próxima fase da competição, dependendo do resultado das outras equipes. Os mexicanos estreiam neste domingo contra a Itália no Maracanã.

"É sempre muito complicado, é um adversário que nos complica sempre que a gente joga contra. Já está engasgado há algum tempo", afirmou o zagueiro brasileiro aos jornalistas.

"Tenho certeza que vai ser mais difícil do que foi a final olímpica, porque são jogadores mais experientes", acrescentou o capitão.

Na final dos Jogos Olímpicos de Londres, no ano passado, o Brasil perdeu a final por 2 x 1 para os mexicanos.

No sábado, após a vitória sobre o Japão na estreia da Copa das Confederações, o técnico Luiz Felipe Scolari disse que o México se tornou uma "pedra no sapato" do Brasil e que está na hora de tirar essa pedra no jogo da próxima quarta.

Silva e o atacante Jô, que marcou o terceiro gol na vitória por 3 x 0 sobre o Japão no sábado, o primeiro dele em competições oficiais pela seleção, disseram que o Brasil tem evoluído taticamente, mas que ainda é preciso progredir mais para atingir o que o torcedor espera.

"Vendo de fora, já vemos uma seleção mais madura, seleção mais inteligente, sabendo a hora de acelerar a bola, a hora se segurar", analisou Jô.

"Se perguntar a todos os jogadores, ainda não é ideal, mas tem uma grande evolução. Temos que trabalhar cada vez mais para chegar a um ponto ideal para a gente e para os torcedores", acrescentou o atacante do Atlético Mineiro.

 
Zagueiro Thiago Silva luta pela bola com o japonês Shinji Kagawa durante partida da Copa das Confederações, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, 15 de junho de 2013. A partida contra o México na próxima quarta-feira pela segunda rodada da Copa das Confederações será mais difícil do que a final olímpica em que o Brasil perdeu para os mexicanos no ano passado, avaliou neste domingo o capitão da seleção brasileira, o zagueiro Thiago Silva, que admitiu que os mexicanos estão entalados na garganta dos brasileiros. 15/06/2013 REUTERS/Kai Pfaffenbach