Messi e pai são indiciados por fraude fiscal

quinta-feira, 20 de junho de 2013 12:07 BRT
 

MADRI, 20 Jun (Reuters) - O astro do Barcelona Lionel Messi e o pai do jogador foram indiciados por um juiz da capital catalã pelo suposto crime de fraude fiscal, informou nesta quinta-feira a mais alta corte da Catalunha.

O jogador e o pai, Jorge Messi, terão que prestar esclarecimentos na qualidade de acusados no próximo dia 17 de setembro, após serem denunciados pela procuradoria de terem fraudado mais de 4 milhões de euros em declarações de Imposto de Renda em 2007, 2008 e 2009.

A denúncia da Procuradoria baseia-se em indícios de que Messi e o pai teriam criado uma rede de empresas de fachada em paraísos fiscais para receber os pagamentos do jogador argentino por seus direitos de imagem.

Messi, que neste mês completa 26 anos, é um dos atletas mais bem pagos do mundo, com um salário de mais de 20 milhões de dólares por temporada, segundo a revista Forbes.

Além dos ganhos pelo clube, o argentino recebe 21 milhões de dólares em acordos de patrocínio com empresas como Adidas, PepsiCo e P&G. Messi ocupa o 10º lugar na lista dos esportistas mais bem pagos do mundo.

(Reportagem de Emma Pinedo)

 
Argentino Lionel Messi fotografado durante jogo amistoso contra a Guatemala no estádio Mateo Flores, na Cidade da Guatemala. Messi e o pai do jogador foram indiciados por um juiz da capital catalã pelo suposto crime de fraude fiscal, informou a mídia local nesta quinta-feira. 14/06/2013. REUTERS/Jorge Dan Lopez