Polícia italiana investiga lavagem de dinheiro em transferência de jogadores

terça-feira, 25 de junho de 2013 08:23 BRT
 

NÁPOLES, 25 Jun (Reuters) - A polícia financeira da Itália realizou nesta terça-feira operações de busca e apreensão em cerca de 40 clubes de futebol por suspeita de evasão fiscal e lavagem de dinheiro em transferências de jogadores, informou um porta-voz da polícia.

Promotores de Nápoles informaram que a operação "Futebol Doente" busca documentos de praticamente todos os times da divisão de elite, incluindo três listados em bolsa: Lazio, Roma e Juventus, o atual campeão italiano.

Um tribunal de Nápoles autorizou as buscas como parte de uma investigação sobre crimes de formação de quadrilha, evasão tributária internacional, lavagem de dinheiro e falsificação de notas fiscais, disse a polícia.

As transações suspeitas de jogadores "tiraram enormes quantidades de dinheiro das autoridades fiscais", disse a corte. A investigação também inclui 12 agentes de jogadores, disse a polícia.

O futebol italiano sofreu uma série de escândalos de manipulação de resultados nos últimos anos.

A Juventus teve dois títulos cassados em 2006, e posteriormente a Itália foi o foco de um esquema internacional de manipulação de jogos, em que o técnico da Juventus, Antonio Conte, foi suspenso no ano passado por não ter relatado infrações.

(Reportagem de Amalia De Simone, em Nápoles, e Stefano Bernabei, em Roma)