Felipão elogia torcida e diz que time alcançou objetivos

quarta-feira, 26 de junho de 2013 22:21 BRT
 

Por Tatiana Ramil

BELO HORIZONTE, 26 Jun (Reuters) - O técnico Luiz Felipe Scolari creditou a vitória sobre o Uruguai nesta quarta-feira ao apoio da torcida no estádio do Mineirão e disse que a seleção brasileira alcançou seus objetivos nesta Copa das Confederações após a classificação para a final.

"Os propósitos principais estão atingidos, que era passar da primeira fase, chegar à final, dar à seleção brasileira pelo menos uma ideia de equipe e dar aos torcedores uma ideia de que podemos chegar também à final da Copa do Mundo", afirmou ele em entrevista coletiva em Belo Horizonte.

"Atingimos os objetivos, mas o maior objetivo agora é ganhar a final", completou o treinador sobre a decisão de domingo, contra Espanha ou Itália.

Depois de três boas vitórias, contra Japão, México e Itália, o Brasil teve dificuldades contra o Uruguai e só marcou o gol da vitória aos 41 minutos do segundo tempo. O treinador admite que a equipe sofreu diante dos uruguaios.

"Nós não tivemos uma atuação como nos outros jogos. Nosso time é um time em formação. Quem nos levou à vitória foi a torcida, que fazia com que nossos jogadores se sentissem fortes", disse ele, para depois explicar a entrada do jovem Bernard, de 20 anos, no segundo tempo.

Ele contou que a comissão técnica se reuniu para discutir uma mudança na equipe e que cada um tinha uma ideia, mas que o coordenador técnico Carlos Alberto Parreira disse para Felipão que ele é o técnico e que deveria seguir seu "feeling".

"Essa é uma situação inadmissível para qualquer técnico, colocar um menino de 20 anos ... mas ele entra, não sente, é fantástico", afirmou.

Felipão acredita que o Brasil teve dificuldades contra o Uruguai, que fez marcação forte desde a saída de bola do Brasil, por causa da experiência do rival sul-americano, quarto colocado na Copa do Mundo de 2010 e campeão da Copa América de 2011.   Continuação...

 
O técnico Luiz Felipe Scolari (centro) comemora após o Brasil vencer o Uruguai em jogo pela Copa das Confederações, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, nesta quarta-feira. 26/06/2013 REUTERS/Ueslei Marcelino