Elogiado por Felipão, Bernard busca aprendizado para 2014

quinta-feira, 27 de junho de 2013 15:02 BRT
 

Por Tatiana Ramil

BELO HORIZONTE, 27 Jun (Reuters) - Escolhido pelo técnico Luiz Felipe Scolari para entrar em campo quando o Brasil empatava com o Uruguai na semifinal, o meia-atacante Bernard ganhou a confiança do treinador e disse que aproveita a Copa das Confederações para aprender com os jogadores mais experientes.

"Cheguei um pouco tímido, por não conhecer a maioria do grupo, por ter um futebol diferente dos demais jogadores que atuam na Europa. Estou tentando me acostumar com essa situação. Observei tudo o que eu pude para melhorar", disse em entrevista coletiva nesta quinta-feira o mais jovem jogador do Brasil no torneio, com 20 anos.

Bernard, jogador do Atlético-MG, entrou no segundo tempo do jogo no Mineirão, fazendo a torcida explodir como se fosse um gol ao ser chamado por Felipão. O técnico contou que a comissão técnica se reuniu para discutir uma mudança na equipe, que empatava por 1 x 1, e que cada um tinha uma ideia. O coordenador técnico Carlos Alberto Parreira disse para Felipão que, como o treinador, ele deveria seguir seu "feeling".

A seleção brasileira se classificou para a final ao vencer o Uruguai por 2 x 1, com um gol de Paulinho no final do jogo, e enfrentará Espanha ou Itália na decisão de domingo, no Maracanã.

O treinador brasileiro, que já havia dito que Bernard tem "alegria nas pernas", voltou a elogiar o jovem: "ele entra, não sente (a pressão), é fantástico", afirmou.

Bernard, a maior novidade do Brasil na lista de convocação para a Copa das Confederações, entrou bem no jogo contra os uruguaios, deu velocidade ao time e criou mais opções de ataque ao substituir Hulk. Ele também já havia jogado bem contra a Itália, inclusive participando da jogada do último gol do Brasil na vitória por 4 x 2, no sábado.

"Somente pensei em fazer um bom jogo, entrei num momento em que estava lá e cá e procurei dar o meu melhor. Espero que tenha ajudado", disse o meia, que no Atlético-MG atua ao lado de Ronaldinho Gaúcho e disputará a semifinal da Copa Libertadores após a Copa das Confederações.

"Ele (Felipão) pediu para ter tranquilidade e fazer o que eu vinha fazendo nos treinamentos e nos jogos do Atlético. Fiquei bastante feliz pela confiança", completou o jogador, que parece estar em vantagem na disputa interna com Lucas entre os reservas da seleção.

Bernard é cauteloso sobre suas chances de ter garantido uma vaga no Mundial de 2014, mas mostra confiança em seu futebol.

"É muito cedo... essa experiência está sendo importante para mim, estou procurando meu espaço e estou me dedicando. Sei que posso dar muito mais ainda nas oportunidades que aparecerem", disse ele, que tem recebido propostas de clubes europeus.