Problema com pneu acaba com esperança de Hamilton em casa

domingo, 30 de junho de 2013 11:51 BRT
 

Por Alan Baldwin

SILVERSTONE, Inglaterra (Reuters) - Um problema súbito nos pneus acabou com as esperanças de Lewis Hamilton de vencer o Grande Prêmio da Inglaterra neste domingo, que o piloto da Mercedes liderava da pole position.

O campeão do mundo de 2008 largou na frente, mas na oitava volta seu pneu traseiro esquerdo esvaziou de repente. O britânico lutou para voltar aos boxes com três rodas e um aro, ainda com os destroços do pneu, voltando na 21ª posição.

O brasileiro Felipe Massa sofreu com um problema parecido com sua Ferrari duas voltas depois, indo para os boxes e retornando em último. Em seguida um estouro de pneu da ToroRosso de Jean-Eric Vergne forçou a entrada do safety car na 15ª volta.

Com três pneus esquerdos problemáticos em rápida sucessão, os pilotos foram aconselhados a tomar cuidado com os meio-fios, enquanto as equipes tentavam descobrir se o problema estava nos pneus Pirelli ou em furos causados pelos destroços na pista.

A Red Bull do líder Sebastian Vettel disse também ter encontrado cortes no pneu traseiro de seu carro durante a parada nos boxes, e o mexicano Sergio Pérez também teve problemas com o pneu traseiro esquerdo de sua McLaren no treino de sábado.

Paul Hembery, diretor de esportes automobilísticos da Pirelli, disse na ocasião que os primeiros indícios apontaram que a falha no pneu de Pérez foi causada por um corte em um muro lateral do circuito.

"Algo entrou no pneu, perfurou e saiu. Se foi um destroço ou a borda de um meio-fio é difícil de dizer", declarou ele no sábado.

O executivo da Pirelli disse que o incidente do mexicano não tem relação com problemas de descamação vistos em outras provas, nos quais a banda se descolou do pneu, que continuou cheio. A Pirelli modificou seu processo de produção depois da última corrida no Canadá.