Pirelli diz que equipes contribuíram com estouros de pneus

terça-feira, 2 de julho de 2013 17:31 BRT
 

LONDRES, 2 Jul (Reuters) - As equipes da Fórmula 1 contribuíram com os dramáticos estouros de pneus ocorridos no domingo passado durante o GP da Inglaterra, por terem montado pneus traseiros ao contrário e os calibrado com pouca pressão, disse a fornecedora Pirelli na terça-feira.

Negando que seu produto seja perigoso, a empresa italiana disse em nota que levará pneus traseiros mais resistentes para o GP da Alemanha, e que introduzirá uma nova linha na corrida do final do mês na Hungria.

A Pirelli, fornecedora exclusiva de pneus da categoria, disse que algumas equipes, buscando melhorar o desempenho, colocam deliberadamente pneus direitos no lado esquerdo do carro, correm com pressões menores do que as recomendações do fabricante e usam cambagens extremas.

A fábrica, no entanto, assumiu parte da culpa por essas práticas. "A montagem dos pneus ao contrário é uma prática que foi, no entanto, menosprezada por todos: acima de tudo a Pirelli, que não proibiu isso", disse a nota.

A Pirelli concluiu também que o meio-fio em algumas curvas, especialmente a curva 4 de Silverstone, são "particularmente agressivos".

Quatro pilotos sofreram estouros traseiros em alta velocidade em Silverstone: Lewis Hamilton (Mercedes), Felipe Massa (Ferrari), Jean-Eric Vergne (Toro Rosso) e Sergio Perez (McLaren).

(Reportagem de Alan Baldwin)