Fifa quer que Copa de 2030 aconteça no Uruguai e na Argentina, diz Grondona

quinta-feira, 4 de julho de 2013 16:19 BRT
 

BUENOS AIRES, 4 Jul (Reuters) - A Fifa quer que a Copa do Mundo de 2030, que marcará o centenário do torneio mais importante do futebol, seja organizado por Uruguai e Argentina, disse o vice-presidente da entidade que comanda o futebol mundial, o argentino Julio Grondona.

Na final da Copa do Mundo de 1930, o Uruguai venceu a Argentina por 4 x 2 no estádio Centenario, em Montevidéu, com 93 mil espectadores.

"A Fifa deseja festejar os 100 anos da Copa do Mundo na Argentina e no Uruguai. Isso está confirmado. Está firmado pelas duas instituições (a Associação de Futebol Argentino e a Associação Uruguaia de Futebol)", disse o dirigente argentino, em entrevista à emissora local Radio 10.

"O que se vai fazer? ... Isso veremos, mas será algo de certa hierarquia, certamente", disse.

Até o momento o único Mundial que teve a organização compartilhada por dois países foi o de 2002, realizado na Coreia do Sul e no Japão.

Grondona também garantiu que a Copa do Mundo de 2014 no Brasil não corre perigo, apesar das grandes manifestações contra os gastos públicos para a realização do evento.

(Reportagem de Luis Ampuero)